quarta-feira, 31 de outubro de 2007

livro - cd

[357]
.
música,
.
os azeitonas lançam o seu cd, desculpem livro-cd (fica mais barato porque o IVA sai a 5% nos livros), na noite do dia 2 de novembro, com um concerto no Sá da Bandeira.
.
dizem no site deles,
.
" [...] Os Azeitonas abandonam o lançamento de CDs Em Portugal, um CD é considerado um "artigo de luxo" e, segundo o Código do IVA, é sujeito a uma taxa de 21%, a ser suportada pelo consumidor final. Já um livro, por sua vez, encaixa na categoria de "artigo de cultura"(apenas 5%). O nosso governo, e bem, promove a cultura a artigo de primeira necessidade, metendo no saco do pão, do leite e do "Eu, Carolina", todos aqueles produtos sem os quais a própria subsistência do povo fica comprometida. [...]"
.
eu gostava de ir...deixem [aqui] os vossos comentários e pode ser que ganhem uma entrada de borla.
.
.
cinema,
.
amanhã veremos o filme do aclamado escritor Paul Auster, the inner life of martin frost, no shopping cidade do porto (única sala no norte do país que passou o filme - incrível a falta de qualidade que graça por cá). parece que a crítica não foi muito à bola com o homem na realização, mas a ideia do filme é boa e por isso há que tirar a limpo a veracidade dessas análises.

3 comentários:

Zé Baptista disse...

Não conheço muito bem o trabalho destes "azeiteiros" (no bom sentido), mas aquilo que já ouvi pareceu-me bom.

Quanto à história dos CD's continuarem a ser considerados um artigo de luxo... Fico um tanto ou quanto atarantado!

Só se for um luxo para aqueles que os usam como artigo de decoração no retrovisor dos carros. Ali mesmo ao lado da nossa senhora de Fátima e da pulseira do Sr. do Bonfim.

p.s.- Acho que vou comprar o livro da Carolina. Deve ter a espessura certa para calçar um armário que tenho aqui, cujas pernas não são todas do mesmo tamanho. Só tenho medo é que o livro comece a mugir durante a noite.

Fernando Pessoa disse...

só não percebi quais as pernas que não eram do mesmo tamanho, se as do armário, se as da carolina...

:) só mesmo tu para pores um livro a mugir...

Fernando Pessoa disse...

mas vou-te enviar as músicas que tenho deles para poderes ouvir à vontade e reconhecer o azeite neles...e em ti ...e em nós....