segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

o que se passou foi isto

[1801 (junho/07 a dezembro/09)]
.
.
foi de repente. nasceu de um vazio. nasceu para suprimir uma necessidade. não de falar, porque sou muito comedido no que digo - não vá eu dizer asneiras -, mas de um vazio farto. de um vazio tumoral. talvez reprimido pelo medo constante do erro, deixei-me demasiadas vezes quedar pelo imobilismo. hoje, apesar de se feito da mesma massa, corrigi a visão que tenho das coisas do mundo, materiais e intangíveis.
.
mas foi de repente. nasceu assim de uma sinceridade para com a minha aversão à exposição. tudo sem conversas alongadas, sem monólogos chatos, principalmente porque o anonimato permite a liberdade das palavras, disfarça o receio e alarga a margem do horizonte.
.
e dou comigo a mergulhar em livros impensáveis. a saborear poesias. a mergulhar num desconhecido ilimitado. a recalcular rotas, ansioso por despejar o conhecimento que isto proporcionava. tarde demais. estava já contaminado pela estupidez da publicação aleatória. e escrevia tudo. e acordava com frases despertadoras, adormecia com histórias brilhantes, ideias geniais, poemas perfeitos. enfim, dias e mais dias seguidos de epifanias e aforismos constantes.
.
depois foram as visitas. depois os blogs novos. depois as pessoas invisíveis. depois mais blogs. e mais pessoas. uma espécie de conto de james joyce, em que reina a confusão e caos e no fim tudo encaixa perfeitamente.
.
descrevo isto como se fosse um sofrimento. não foi. é-me ainda difícil passar uma mensagem nítida, peço desculpa. dois anos e meio nisto e nem conjugações gramaticais sei respeitar. é uma pena. poderia ter ido longe, e houve dias em que imaginei a glória da publicação e do reconhecimento. que vergonha. verdade. a minha vergonha atinge níveis estonteantes por vezes, de tal maneira que sinto a pior vergonha de todas, vergonha pelos outros (não é a pior de todas, nuno?). é a raiz católica. está demasiado entroncada na epiderme e por vezes ignoro o seu poder. vergonha porque não é verdade que almejasse o brilho do estrelato. longe, muito longe.
.
adiante. interessa que não foi um sofrimento. viver neste blog foi de um prazer incrível. ganhei a noção da importância que merecem as críticas. e das limitações. acreditem, nada foi mais importante do que perceber as limitações. e sempre dei destaque a verdadeiras inspirações intelectuais. por pura inveja criativa, exaltei o que de melhor li por aí.
.
mas há muito mais. muito que ficou por dizer. muito que se derrubou perante a desmotivação. perante o vazio que se esvaziava. para quê insistir num caminho que se perdeu em algum ponto? o prazer é muito importante, e quando ele se escusa lambuzar-te o corpo, não devemos pedir compaixão.
.
e continuarei por aqui como o tal fantasma (prefiro assim, o contacto reduz-se nesse jogo de contrários). prefiro estar na escuridão a ler-vos. a ouvir-vos. a processar as vossas preciosidades literárias. as vossas lamechices. cabe tudo no meu espaço. no meu campo de visão. há muito que me livrei da intolerância. e é aqui que reconheço outra vez uma inaudita capacidade messiânica (a tal raiz). é como se o desequilíbrio mental lhe desse para me converter em apóstolo das reconversões negativas (como se a minha vida se resumisse a salvar os perdidos na tristeza).
.
como convém a este último post, a extensão do texto por vezes apressa-se a adensar o monitor. dirão que não tenho mais nada importante a fazer. também a isso me habituei.
.
.
em jeito de despedida, limito-me a limar arestas. a intervenção pública nunca foi muito a minha vocação. é minha responsabilidade, como de todos, escrever algumas indignações (olha que bom nome para um novo blog...) dar algumas ideias e apoiar manifestações. não foi minha intenção livrar-me dela. mas como existem muitos blogs com essa matriz, este nasceu diferente e não podia mudar a sua natureza. e também convém agradecer a todos os que colaboraram comigo. aos meus amigos que escreveram esforçadamente, e que se empenharam para tornar este espaço agradável. basicamente foram eles os primeiros a ler-me e a tornarem isto interessante. para todos um bom ano de 2010.
.
como disse, não faz sentido insistir em algo que já preencheu o seu espaço. preencheu o vazio. cumpriu a sua missão. nada é mais triste que o definhar e quero que este blog morra com um sorriso nos lábios.
.
e não se esqueçam, se um dia lerem um novo blog interessante, esse pode ser um eu-diferente.
.
e pronto. o que se passou foi isto.
.
.

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

trânsito e hipers

[1800]

antes que me esqueça,
.
bom natal e feliz ano novo
(até breve)

dos nossos inquéritos

[1799]

.

.

.
parece que o país pensa o mesmo que o governo.
.
.

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

os fins que justificam os inícios

espero que sejam apenas umas férias e que o pedro morgado volte com um novo projecto.
.
deixo-vos um poema do mesmo blog publicado pelo eduardo jorge madureira em jeito de despedida.
.
Erich Fried
(100 Poemas sem pátria. Lisboa: D. Quixote, 1979)
.
O QUE ACONTECE

Aconteceu
e acontece agora como dantes
e continuará sempre a acontecer
se não acontecer nada contra isso

Os inocentes não sabem de nada
porque são demasiado inocentes
e os culpados não sabem de nada
porque são demasiado culpados

Os pobres não dão por isso
porque são demasiado pobres
e os ricos não dão por isso
porque são demasiado ricos

Os estúpidos encolhem os ombros
porque são demasiado estúpidos
e os espertos encolhem os ombros
porque são demasiado espertos

Aos jovens isso não preocupa
porque são demasiado jovens
e aos velhos isso não preocupa
porque são demasiado velhos

Eis por que não acontece nada contra isso
e eis por que razão aconteceu
e acontece agora como dantes
e continuará sempre a acontecer
.
.

Como Treinares o Teu Dragão

Antestreia do filme "Como Treinares o Teu Dragão", dia 20 de Março no Estádio do Dragão. Venha e traga a sua família. Muitas actividades antes da exibição do filme 3D da DreamWorks.


Todos os detalhes no blog Como Treinares o Teu Dragão.

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

círculos uninominais

[1797]

.
seria interessante perceber o que dirão os negociantes da zona, que até terão votado nele para representar os interesses do porto.
.
não costumo ter discurso regionalista, até porque o porto não é o norte, mas todos nós beneficiamos da organização nessa cidade, tal como teríamos beneficiado se o cirque du soleil tivesse estado mais próximo, e não em lisboa.
.
posto isto pergunto eu, regionalização? para quê?
.
.

Camião arde na auto-estrada.

Ontem, quando vinha para Braga, esperava apanhar gelo e frio na estrada. Não esperava apanhar fogo...


video

Paris, Je T'aime (2)

[1795]

só para completar o post anterior.
.

.
já agora, arranja-me o filme faxavor...

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Paris, Je t'aime

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

a prepotência do tempo

[1793]

tenho uma memória de merda.
mas não raras vezes sinto que este blog será, ele próprio, a memória da merda que fui.
.
.

os inquéritos paraparlamentares

[1792]

.
Concorda com o casamento entre homosexuais?
sim
nao
pollcode.com free polls

.
.
concorda com a adopcao de criancas por casais homosexuais?
sim
nao
so com referendo
pollcode.com free polls

.
.

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Telhados de Vidro

Li ontem, no pasquim "A Bola", uma crítica pertinente à forma parcial com que os jornais espanhóis lidam com o seu futebol, assumindo publicamente as suas preferências clubisticas. Que verguenza caros hermanos, que verguenza... venham aprender para Portugal, onde a imprensa é verdadeira, imparcial, justa.

Não, agora a sério... Foda-se! (este foda-se tinha mesmo de levar um ponto de exclamação) É preciso ter lata.

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Coisas do Catáno



Coisas do Catáno - Blog pessoal de Joaquim António, pastor de cabras, mais conhecido por Catáno.

http://coisasdocatano.blogspot.com/

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

sete fontes

[1789]
.
.

o igespar até lhe dá importância.
assim-assim.
bem, tanto se lhe dá.
.
uma gaja dá um parecer. bonitas palavras, dizem, e publicam no site e tudo. no resto é galheiro. não interessa assim tanto. azedam os cobres que pesam no bolso. é história fraquinha. quer-se lá saber de quem foi o engenho e arte. é merda que aos engenheiros de hoje pouco lhes aperta.
.
apreciem,
.
.
Nesta extraordinária obra, encontramos não apenas uma funcionalidade destinada a melhorar as condições de vida da cidade, mas também uma significativa obra hidráulica, e um testemunho de arquitectura barroca que importa preservar como um todo, sem esquecer que esta estrutura só faz sentido se conservar a sua funcionalidade primeira e fundamento da sua existência - a água que corre no seu interior. Nesta medida, o sistema conhecido por Sete Fontes é mais do que um bem patrimonial; ele é, igualmente, um bem ambiental.
(Rosário Carvalho, igespar)
.
.


.
mas há gente importante que defende com unhas e dentes a cultura. e o ambiente. e a engenharia.
.
.
O que é que o PS defende para o complexo das Sete Fontes?
.
Nós queremos criar um parque que seja usufruido pela população. Há necessidade, nessa zona, de alguns equipamentos. Por exemplo, os ‘Alegrienses’ estão sem recinto desportivo. Será necessário instalar naquele parque um recinto desportivo e muitas outras coisas. Mas isso tem que ser feito preservando a monumentalidade da zona. Tenho consciência daquela monumentalidade, porque há 33 anos descobri as Sete Fontes e coloquei lá uma equipa de funcionários.
Graças a essa medida, tudo aquilo está conservado. O parque que lá queremos criar tem que ser alvo de um grande consenso e, em primeira mão, temos que tratar do mesmo processo junto do IGESPAR, entidade que tutela aquela área. Depois disso iremos dialogar com as forças vivas e com os directamente interessados, que são os habitantes de Sete Fontes.
.
Prevê o aproveitamento de toda a área disponível?
.
A nossa primeira proposta era de 15 hectares, a segunda já prevê um alargamento. É bom que se diga que o projecto da via de acesso ao hospital teve várias alterações por sugestão do IGESPAR. O IGESPAR deu parecer favorável ao projecto da via. A via não vai prejudicar o património que lá está.
.
A via é um viaduto?
.
Não lhe posso dizer agora como é que vai ser. Deram-me garantias de que não prejudicará a monumentalidade.
.

.
parece que na próxima sexta-feira, na sede da junta de s. victor, haverá debate sobre o assunto.
.
(lembro-me de ter lá estado num debate sobre o assunto há uns 4 anos. todos os alertas caíram em saco roto. agora é que não haverá mesmo tempo para alterar o que está projectado e proteger o património)
.
.
apetece-me dizer, que se foda esta merda. ninguém quer saber. e está sempre tudo decidido antes de nós abrirmos a boca.
.
.

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

decretemos o fim do luto scolari

[1788]



.

desde que scolari foi embora que todos nos sentimos orfãos de uma sensação de vitória, de uma crença inabalável nos jogadores da selecção, incluindo eu. por ser pessimista por natureza - nunca esperando grande coisa da vida, evitando a desilusão - também vaticinei há muito (não fui o único como se vê na imagem) que a equipa das quinas não chegaria à fase final. enganei-me.
.
assim, reconheço publicamente que me equivoquei e rendo homenagem a quem lutou contra uma onda negativista. esperamos por 4 de dezembro para começarmos a fazer as contas da fase final. até lá disfrutemos e retiremos o luto porque o scolari já se finou há muito.
.
.
só um pequeno pormenor: os melhores jogos da selecção foram sem ronaldo.
.
.

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

informação relativamente pouco importante

[1787]


.imagem retirada daqui

estou a preparar uma carta ao ministério da educação a ver se me dá por concluido o meu mestrado, até porque, bem vistas as coisas, já lá estou há dois meses. e cansa, dá trabalho, chateia, temos de estudar, rever matérias, aprender novas, esmiuçar questões, madrugar ao sábado (que chatice), exige sacrifício (muito ou pouco), custa-nos dinheiro (sempre são dois anos a correr bem), enfim é um enfado que nem sei se será importante se mantivermos esta mania de sermos sérios, ou pensarmos que seremos valorizados profissionamente pelas nossas competências e formação.
.
tudo isto para dar a palavra ao indústria. ele saberá apelidar tudo isto melhor que eu.
.
o problema é que a escuridão ao fundo do túnel é densa, andrajosa e bafienta. como te compreendo dr. etc...
.
.

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Justiça para todos

Como devem ter visto em alguns jornais e telejornais, este artista foi apanhado a tentar roubar um estabelecimento comercial.

O gajo é levado pela polícia e provavelmente será libertado não lhe acontecendo nada.

Pena não ter passado por ali alguém com interesses sexuais alternativos que lhe aplicasse uma boa dose de justiça popular.



Se fosse gaja aposto que não faltavam juízes.

descarrega música grátis

[1785]


um título que parece saído de um site pirata. mas não é. para quem tenha curiosidade, está disponível o trabalho de valter hugo mãe e os ex-mão morta miguel pedro e antónio rafael, governo - propaganda sentimental. é grátis e só têm que fazer um registo.
.
e ouvir claro.
.

a ver se me faço entender

[1784]

o título do último livro de mia couto não é JERUSALÉM. é JESUSALÉM. é mais um trocadilho, tá?
.
abraço
.
.

.

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

festival fast forward 2009

[1783]


19/2009 - Maçã, Maçã / PRÉMIO JÚRI from fast forward portugal.

.
.

festival com mais participação e mais qualidade nos vídeos a concurso. merece sempre menção.

terça-feira, 10 de novembro de 2009

inquérito

[1782]

resta saber quais serão as obras preferidas pelos nossos estimados leitores.
.
.

very bom italiano

[1781]


.
.
quando penso na road trip do ano passado ainda me consigo rir com coisas deste género. uma viagem daquelas dá para entender melhor o quão difícil terá sido construir a torre de babel.

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

20 anos é muito tempo

[1780]
.

.

depois de ver estas palavras de margaret thatcher, o que dizer desta abertura antecipada dos arquivos do foreign office?
.
.
.

pomba gira

[1779]
.
.

.

sábado, 7 de novembro de 2009

Zezé Fernandes e João Aguardela

Desconhecia esta pérola.

terça-feira, 3 de novembro de 2009

ana de amsterdão

[1777]

há uns blogs muito curiosos. este é um deles que vocês devem (ou deviam?) conhecer. ana de amsterdam arrepende-se (e quem ainda não se arrependeu do impulso de comprar um livro levado pela onda publicitária?) do livro ter caído ao acaso na sua bolsa, livro esse que agora também se me dá a conhecer. a saber,
.
ricardo adolfo
"Depois de morrer aconteceram-me muitas coisas"
editora: objectiva

.
aqui a entrevista ao ípsilon.
.
agora, se era para te arrependeres na página 5, podias ter lido aqui (e vocês também, acaso vos interesse). sempre se poupava algum...tempo.
.

só para entreter

[1776]

pergunta número 1
.

caro leitor, leu algum livro do saramago?
sim
nao
li meio livro
pollcode.com free polls


.
pergunta número 2
.

se repondeu sim, diga-nos quantos.
1
2
3
mais de 3
pollcode.com free polls


.
pergunta número 3
.

qual o livro que mais gostou?
memorial do convento
ensaio sobre a cegueira
o evangelho segundo jesus cristo
caim
outro
nenhum
pollcode.com free polls


.
.

fico muito curioso com a quantidade de livros que o saramago vende e a relação directa (inexistente) com o ínfimo número de pessoas que eu conheci, e que leram algum livro do homem.
.
é isso e não ter nada que vos escrever de importante.
.
abraço
.

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

boas e más notícias

[1775]
.

dias asism, em que se descobrem os pólos, mais valia serem dias de chuva. debaixo de um sol ameno custa saber que a vida é injusta.
.
.
resumindo,
.
- Você está disposto a aceitar o duro peso da alegria?
- Estou sim, meu pai.
- Mas, meu filho! você sabe que é quase impossível?
- Sei sim, meu pai,
- Você ao menos sabe que esperança é o grande absurdo, meu filho?
- Sei sim, meu pai.
- Você sabe que há que ser adulto para ter esperança!!!
- Sei, sei, sei!
- Então vai, meu filho, ordeno-te que sofras a esperança.
.
clarice lispector via [lei seca]
.

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

declaração de interesses

[1774]
.

leio saramago e continuo a acreditar em deus.
.
(depois dos números serão 14 obras lidas, e só para que conste, já me arrependi de não ter ido a penafiel. voltarei ao assunto)
.
.

terça-feira, 20 de outubro de 2009

demasiado absorvido

[1773]
.
tenho pena. muitas vezes estou a pensar no que poderia ser um post brilhante (para mim obviamente, não para impressionar), e dou por mim resignado, certo de que já estou sem a capacidade de me surpreender a mim próprio.
.
de facto ando muito absorvido em contas (mestrado) e já nem aos livros que leio religiosamente (em dois dias) sempre que saem, eu tenho tempo para me dedicar. que importa é que um não foge e o outro também não.
.
mas deixem-me dizer-vos que este quincas borba, é um pouco mais maçador que os outros dois que li do machado de assis. retive no entanto, tal como ao longo de todo o livro, uns pormenores delicados de quem mostra sapiência e trabalho de sapa para a escrita, e no fundo faz por merecer o tempo que perdemos a lê-lo.
.
refiro-me a um parágrafo em que o autor fala de ANTEU, figura mitológica cuja força residia no seu contacto com a terra. diz-se a dada altura qualquer coisa como, "levanta-se das quedas cada vez mais forte".
.
interessante leitura deve ser feita desta figura. com um murro é capaz de se levantar com mais força, mas se elevado ao lugar mais no alto perde a sua força e a sua própria vida.
.
devíamos pensar se é nos píncaros que queremos andar (ou almejar o sucesso meteórico-ilusório) ou se, com os pés bem assentes na terra, não estaremos mais certos de regressar sempre com mais força das nossas quedas.
.
cumpro a minha parte. o silêncio prende-me ao realismo do necessário contacto terreno.
.

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

mais um artigo mec

[1772]
.
.
Braga é quase uma cidade superior. Na semana passada escrevi sobre ela e sobre o Sporting dela e nunca tive tantas reacções. Por uma só coluna recebi mais comentários e citações do que por todas as crónicas que aqui escrevi desde o primeiro número da J.
.
Quero agradecer, sobretudo ao magnífico site que é o superbraga.com. É um site de fanáticos do Sporting de Braga, que está em número 1 e, por conseguinte, numa posição de mandar fazer amor à concorrência. Mas não.
.
Eles sabem que eu sou um lisboeta e benfiquista genético e incurável e que, ainda por cima, tenho uma panca severa pelo Porto e uma admiração-quase-orgulho pelo FCP.
Sabem que eu queria que o Benfica ganhasse o campeonato, graças ao treinador que roubamos ao Braga. E, no entanto, tiveram a generosidade e a superioridade civilizacional de agradecer o meu elogio e de entendê-lo no espírito em que foi feito.
Desde quando é que um benfiquista, portista ou sportinguista faria isto? Nunca. Os bracarenses são diferentes. São aristocratas. Aceitam amavelmente a admiração do povo enganado e distante.
.
Se calhar, são juntamente com os alentejanos litorais, os únicos portugueses que não tratam como estrangeiros os portugueses que tem o azar de não ser de lá.
Mal se chega a Braga, vem logo o abraço do "bem-vindo ao clube!" Não é o clube de Braga. É o clube dos portugueses.
.
Uma pessoa diz, quase como se pedisse desculpa, que é do Benfica. Eles respondem: "Não te preocupes, que não levamos a mal. Se calhar, nasceste lá, em Lisboa? E a escolha era seres do Sporting ou do Benfica? Imagino a pressão! Fizeste bem em escolher o Benfica! E o Sporting também é um clube porreiro, apesar de queque. É pena não seres do porto: o Porto é mesmo bom."
.
O Sporting de Braga vendeu o treinador genial e faz questão de ficar à frente do clube cem mil vezes mais rico que o comprou. Dirão que é uma questão de tempo. Pois sim, porque o dinheiro significa jogadores muito melhores. Mas, à partida, quando mais interessa, o Sporting de Braga já ganhou este campeonato. As respostas no Superbraga.com - no qual me registei, com o meu e-mail verdadeiro, para poder agradecer - são um exemplo para os outros adeptos dos outros grandes clubes do mundo. Mostram que se pode ser incondicional e fanático sem se ser malcriado ou cego ou agressivo. Mostram que a superioridade genuína não é rejeitar nem desconfiar dos elogios alheios - mas agradecê-los com generosa condescendência, do género "Olha, este pobre desgraçado, preso a outro clube por razões meramente geográficas ou genéticas, ainda tem a clarividência de reconhecer que o Sporting de Braga é um grande clube e a inteligência de compreender que tal se deve a Braga ser uma grande cidade."
.
Como benfiquista, há muito que me magoa nesta atitude. Pensave que éramos nós os mais inclusivos. Se fosse Sportinguista, também me magoaria, pensando que éramos os maiores snobs. Se fosse portista, já sabia (com mesmo o medo e respeito) que Braga e o Sporting de Braga são mesmo assim.
Superiores. Gentis. Bem-educados. Sinceros. Como português, tiro-lhes o chapéu. E, com toda a sinceridade, rendo-me a eles.
Mais do que isto, não posso dizer. Mas já disse. Exijo que o Benfica nomeie uma equipa de investigadores que descubra (inutilmente, de certeza) o que eles tem e nós nunca teremos. Serem bracarenses. É uma das poucas coisas que não se podem fingir: ou se é ou não se é. Eles são. Nós não. Paciencia.

.
.

Revista “J” do jornal “O Jogo” de 11-10-2009

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Onde está o Wally?

Só mais uma... só mais uma.

QUE MUNDO!!!!!!!!!! (este tem de levar pontos de exclamação e tudo)

Primeiro a chuva. Arrepiem-se nos trovões. Depois curtam a música. Tudo isto ao vivo, sem produções de estúdio.

São os Perpetuum Jazzile. Muito material no youtube.

" O meu olhar quando pousa, pousa também em palavra "

[1768]
.

terça-feira, 13 de outubro de 2009

é a cultura, estúpido! *

[1767]

o mec escreveu no público mais uma crónica acima da média. parece-me que o homem já relativizou os males que conspurcam o mundo e anda mais light. anda menos chateado com o próprio mundo que o rodeia. alerta para a importância de certos factos sociais, mas de uma forma mais pilatosiana, algo do género "querem ouvir, oiçam. não querem ouvir, eu lavo as minhas mãos.".
.
a idade deve trazer esta acalmia opinativa. achamos sempre que podemos chamar a atenção para os acontecimentos modernos, coadjuvados com a enorme experiência de vida, mas com a distância de quem já pouco sofrerá com as consequências futuras dos mesmos actos consumados no presente.
.
a ignorância que graceja, em muitos momentos de decisão, mostra-nos que o acesso à cultura, aquela que abarca a formação escolar e tudo o resto que é maior na educação dos indivíduos, é o grande problema actual do nosso país.
.
com esta falta de ponderação e de espírito crítico é fácil levar a maioria a pensar a uma só voz. como diz o mec, "O pensamento é um luxo e um atraso.". as ideias já não importam aos consumidores, à vox populi. por estes dias o que importa é a convicção.
.
proponho ao mec um meio termo: ponderemos nas soluções, pensemos bem antes de decidir, pesemos todos os prós e contras, repensemos as ideias e as estratégias, analisemos as questões de vários pontos de vista, mas depois de decididos, avancemos pela execução determinada.
.
foi sempre essa a minha filosofia de vida.
.
.
* expressão adaptada de bill clinton (não por mim originalmente, claro está)

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

o maior etc da actualidade

[1765]

rogério casanova (para quem não conhece, tenha paciência e vá pesquisar) escreve a sua crónica deste mês na revista LER com este título. a ideia central não é homenagear o companheiro que escreve sobre os temas importantes, mas antes criticar os críticos pelo que escrevem sem o sentido prático.
.
(note-se que a introdução é um contra-senso em si mesma pela falta de objectividade)
.
no que me toca, eu escrevo mesmo para dar o relevo necessário a este texto,
.
primeiro porque o assunto é sério (mesmo escrito sem maiúsculas).
segundo porque me chateiam alguns problemas que lá são referidos (incluindo os CV's).
terceiro, porque a possibilidade de uma desilusão é enorme.
em quarto, porque a desilusão é uma fórmula exponencial da expectativa criada.
quinto, porque me empenhei pessoalmente.
sexto, porque li medina carreira em "portugal que futuro" e estou deprimido.
sétimo, porque há uma horda que não percebe que se pode lutar por mais seriedade e honestidade.
oitavo, porque há gente que não sabe elevar a discussão.
nono, porque me chateia a minha ingenuidade quando falo demais...
.
etc, etc, etc...
.
se eu fosse o rogério casanova, e escrevesse complicado como ele na sua pastoral portuguesa (eu gostei bastante da pastoral americana e gostava que o roth ganhasse o nobel) então vocês não compreenderiam o que quis dizer. mas como eu escrevo simples, suponho que meia palavra bastou...
.
post-scriptum - gosto de ter boas ideias e que as imitem, e algumas forma muito bem aproveitadas.
.

Braga

Vale a pena ler o que Miguel Esteves Cardoso diz acerca de Braga. Aqui ao lado no "Armando da Verdade".

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

O Estado da Nação





Enquanto houver putas, vinho verde e o benfica marcar muitos golos o povo há-de andar contente.

evidências

[1761]
.
um homem desesperado por saber o futuro vai a uma vidente.
.
ao chegar a casa da senhora bate à porta e ela diz:
.
- quem é?
.
e ele responde,
.
- uiiii, começamos mal...
.

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

knocking on heaven's door



"i feel like i´m knocking on heaven's door"

terça-feira, 29 de setembro de 2009

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

wally?

[1758]

sábado, 26 de setembro de 2009

SORTE?

Uns procuram

Outros encontram

Frequentemente tem mais sorte aquele que a procura que o outro que a encontra esporadicamente.

Sorte é ir uma vez à baliza e fazer um golo.

Passar um jogo todo a rematar para marcar apenas no último minuto tem mais de azar que tem de sorte.

No entanto, quem procura sempre alcança... ou quase sempre.

Desta vez deu para alcançar... a tal sorte que é merecida e caminha com os audazes.

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Bússula Eleitoral

Não sabes em quem votar? Experimenta isto.

É apenas um teste mas vale a pena fazer.

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Hino de Campanha

Hino de campanha de um candidato à autarquia de Coimbra. A letra tem um cheirinho a Deolinda...



Indecentemente roubado daqui "Portal Pimba".

Governo Mundial Sombra???

1 - O grupo Bilderberg é um grupo de pessoas influentes nos seus países e no mundo que se reúne anualmente desde 1954. Estas reuniões são restritas a um total de 130 participantes.

2 - Participantes do Bilderberg incluem membros de bancos centrais, especialistas em defesa, barões da imprensa de massa, ministros de governo, primeiros-ministros, membros de famílias reais, economistas internacionais e líderes políticos da Europa e da América do Norte.

3 - Vários admitem ter participado, existem até fotografias de grupo, no entanto, tudo o que é dito nas reuniões fica lá dentro, tudo no maior secretismo.

4 - Existem membros permanentes, entre os quais Francisco Pinto Balsemão, e membros convidados, normalmente pessoas que terão influência nos tempos que se seguem.

5 - O jornal Semanário publicou a lista de todos os portugueses presentes até 2006. Era a seguinte:

Francisco Pinto Balsemão
Mira Amaral
Joaquim Ferreira do Amaral
António Barreto
Durão Barroso
António Borges
Maria Carrilho
António Guterres
Roberto Carneiro
Vitor Constâncio
Vasco Pereira Coutinho
João Cravinho
José Cutileiro
José Manuel Galvão Teles
Teresa Patrício Gouveia
Marçal Grilo
Miguel Horta e Costa
Margarida Marante
Vasco de Mello
Carlos Monjardino
Murteira Nabo
Faria de Oliveira
Carlos Pimenta
Francisco Lucas Pires
Ricardo Salgado
Jorge Sampaio
Nicolau Santos
Artur Santos Silva
Marcelo Rebelo de Sousa
Miguel Veiga
António Vitorino
Oliveira Martins
Vasco Graça Moura
Ferro Rodrigues
Santana Lopes
José Sócrates
Nuno Morais Sarmento

6 - É curioso que vários primeiro-ministros ou candidatos ao cargo estiveram presentes precisamente nos meses antes de serem eleitos ou quando havia a forte possibilidade de o virem a ser. Não é por acaso que este ano, em Atenas, esteve presente Manuela Ferreira Leite. Também lá esteve Manuel Pinho.

7 - Obama também já participou quando ainda andava em campanha, ano em que a reunião se realizou na Virgínia. Questionado pelos repórteres que seguiam a caravana, o assessor de imprensa apenas referiu que Obama se tinha dirigido a uma reunião... não revelou outros factos. Por esses dias andava em campanha na Virgínia.

8 - Dizem os adeptos das teorias da conspiração que este grupo, com fortes ligações à familia Rockefeller, pretende ser um governo da elite mundial. Todos os anos se encontram para definir as políticas a seguir nos meses seguintes, procurando atingir os seus interesses.

9 - Da lista de interesses há quem enuncie alguns como:

- Redução da população mundial.
- Criação de um sistema de controlo das acções de cada ser humano.

10 - Verdade ou não, não me cabe a mim julgar. Deixo esse trabalho à vossa própria consideração. O que é certo é que os novos vírus que têm aparecido, as vacinas que alguns dizem serem nocivas, vírus como o HIV que alguns cientistas (censurados) afirmam não existir, afirmando que os retrovirais é que acabam por matar as pessoas e sistemas de vigilância como o ECHELON ou o INDECT, são coisas que, pelo menos, nos deviam dar que pensar.

BIG BROTHER IS WACHING YOU ;)

Para saber mais:
http://www.infowars.com/bilderberg-2009-attendee-list/
http://www.infowars.com/
http://www.prisonplanet.com/eu-plans-massive-surveillance-panopticon-that-would-monitor-abnormal-behavior.html
http://www.prisonplanet.com/
http://senhoresdomundo.blogspot.com

Ou procurar no google:
Bilderberg
Rockefeller
AIDS dissidents
INDECT
Governo Mundial

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

O Padrinho




Segunda, terça e quarta. O Padrinho I,II e III. Vale a pena rever, pelo menos de dois em dois anos. Espectáculo.


Agora apetece-me rever este:

Alguém o tem por aí à mão?

PES 2010

Está para chegar a versão 2010. Eu sei que nem todos os camurcinas gostam, o que faz deles uns verdadeiros maricôncios, mas havemos de marcar um torneio, só para nos insultarmos uns aos outros (com muito nível).

Ainda não foi este ano que introduziram toda a liga portuguesa no jogo, apenas Braga, Benfica, Porto e Sporting lá estão. Um dos comentadores da versão portuguesa é o João Vieira Pinto. Preferia o outro João Pinto a comentar (ganhava-se no humor), mas com este também terá o seu interesse.

Salib, leva o jogo de Boxe para jogar nos "intervais" e o Worms para jogar ao fim da noite.

Antes que façam a piadinha "agora já podes ser campeão com o Braga na playstation" faço já eu. E para quem estava a pensar na piada fica já um antecipado "vai apanhar no cú".

Quero ver homens com coragem para um grande torneio. Da minha parte fica já combinado que levo uns packs de cerveja.

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Mais uma vez... a puta que os pariu.

Há cada vez menos programas sobre futebol. Há cada vez mais programas acerca do Porto, do Benfica e do Sporting.

Há cada vez menos resumos de jogos de bola e vídeos de golos. Há cada vez mais programas de conversa da trêta onde se supunha falar de futebol e se fala do caralho.

Há cada vez menos comentadores interessantes. Há cada vez mais palhaços que julgam perceber do jogo.

Aos senhores comentadores e humoristas (Contra Informação) que, na passada semana, não se cansaram de chamar equipa B do Porto ao Braga, acreditando que os do Porto encontrariam na pedreira um par de pernas bem abertas:

Braga 1 - 0 Porto

Há dúvidas?

Se ainda as há gostaria de lembrar que o Braga tem três jogadores emprestados, dos quais nenhum é do F.C. Porto. Possebon (Man. United), Hugo Viana (Valência) e Osvaldo (Al Ahli).

Por outro lado, emprestou Stélvio e Kalaba (U. de Leiria), Mário Felgueiras (Setúbal) e Fernando Alexandre (Leixões).

Por acaso alguém diz que o Benfica é a equipa B do Barcelona (Keirrison), que o Sporting é a equipa B do Man. City (Caicedo) ou o Porto a equipa B do Lanús (Diego Valeri)?

Não. Nem tem de dizer.

Quanto ao argumento do Domingos Paciência ser do Porto, para além da resposta do último jogo, tanto quanto sei é pago pelo Braga e não pelo seu antigo clube. O Domingos é tão treinador do Porto como o Mourinho é do Setúbal e o Jorge Jesus é do Sporting. A ordem de ideias seria a mesma não?

Por essas e por outras, vão lá comprar o tubinho de Halibut que a estas horas esse cuzinho deve estar em ferida. Nos próximos programas é melhor comentarem de pé.

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

o que devia ser notícia e não é

"Quinze pessoas morreram e cem mil passaram pelos hospitais de Abidjan (Costa do Marfim) vítimas da acção do 'Probo Koala'.

Trafigura, a multinacional que negoceia com produtos petrolíferos e que tem a sua sede em Londres, aceitou indemnizar 31 mil habitantes da Costa do Marfim. Em causa, ter sido protagonista do maior desastre de poluição da história moderna. Mas, para além daquela empresa, outros responsáveis poderão ser chamados a capítulo.

A organização ecologista Greenpeace anunciou ontem que recorreu à justiça holandesa para que as autoridades do porto de Amesterdão respondam pelo facto de terem deixado passar, no Verão de 2006, o Probo Koala que se dirigiu para Abidjan, capital da Costa do Marfim, com lixo tóxico. O material, lançado na área da cidade em causa, provocou 15 mortos e levou ao hospital cem mil pessoas, 31 mil das quais vão ser agora indemnizadas pela Trafigura, a empresa que fretou o Probo Koala.

Nas suas edições de ontem, dois jornais britânicos - The Guardian e The Independent - denunciam a posição da Trafigura. Desde 2006 que a empresa vem afirmando que o lixo em causa "não era perigoso, absolutamente". Acontece, porém, que e-mails da empresa - que "escaparam" para a imprensa - revelaram que a Trafigura sabia, desde início, a verdade de toda a situação.

As indemnizações - um total de 152 milhões de euros, ou seja, dois mil euros por pessoa - agora decididas poderão não ser as únicas que a Trafigura terá de pagar, uma vez que há ainda vítimas que procuram organizar-se para fazer frente à multinacional que, no ano passado, registou um lucro de 73 mil milhões de dólares."

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

astenia

[1748]

.
todos prezam a liberdade de expressão. eu (tal como ele) prezo a liberdade do silêncio.
.

terça-feira, 15 de setembro de 2009

4 horas e 6 minutos

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

eis mais uma corrente recorrente

[1746]

há muito que defendo isto, isto, isto e isto. bem investiguei (nos arquivos) por aqui e acho que nunca o escrevi no blog. pena. tinha ficado bem. apesar de tudo tenho testemunhas da minha indignação contra quem o usa recorrentemente.
.
sempre disse que o ponto de exclamção era horrível. depois de ler toda a argumentação dos blogs linkados em cima, reparo que em nenhum deles se diz claramente o que eu penso. em minha opinião o ponto de exclamação é um recurso de fracos que não conseguem empregar uma linguagem clara, expressando apenas em palavras os sentimentos inerentes do texto. é o que chamo de "muleta dos fracos".
.
não me parece que seja decisivo para o país. mas esmiuçar isto é bom para mim.
.

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

a midnight valium for a good night sleep * [12]

[1746]

investiguem bem isso. eu próprio ando a dizer isso há muito. apesar de tudo, e do recorrente recurso ao silêncio, tenho-me mantido certo disto (por aqui há mais de dois anos),
.
«Esses resultados sugerem que não é o que conseguimos das relações que nos trazem benefícios, mas sim o que nós oferecemos ao outro», garante a psicóloga Sthephanie Brown, que integrou a equipa de investigação.
.
* sutítulo do blog [vontade indómita]
.

terça-feira, 8 de setembro de 2009

meu querido mês de setembro

[1745]

mais um bom autor que optou por um outro modelo e um renovado lugar. da [escrita casual] passou para o [spleen ville]. um bom lugar para parar.
.

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

boa novas

[1744]

há sempre uma boa notícia. desta vez são duas intercaladas com uma má. eu tentei ler este blog, [cicio.blogspot.com], e, espantado, deparo-me com a imagem luzidia do ecrã, de que não há nada registado. não mas havia.
.
o certo é que a menina passou a escrever noutro lado, [CANDEIA], e eu roubei estas palavras,
.
" [...] Pouca gente me lê e a que lê tem palmos de testa suficientes para o caso de não gostar da primeira linha desistir das seguintes. O que faz muito bem, digo já. Se chegarem até aqui só não vos chamo uma coisa feia porque estou mesmo bem disposta [...]"
.
mas há mais. há uma crónica escrita aqui.
tudo boas notícias em setembro de regressos.
.

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

pouco importante

[1743]

para além dos novos livros à espera de outubro para serem lançados, o CAIM do saramago, o novo do josé luís peixoto (há muito anunciado pelo próprio como o seu melhor livro),
.
.
.
para mais se informam ainda os interessados que, após ter terminado o seu blog [estado civil] no início do ano, pedro mexia voltou à carga com um novo projecto, a lei seca, devidamente lincado na barra ao lado.
.
por agora não tenho mais nada de importante a revelar, a não ser que o jantar dos companheiros de escola foi muito reconfortante e agradável, como bem descreve a nossa amiga su.
.

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

La Cienega Just Smiled

porque as fantásticas férias acabaram, e agora que o trabalho começou, eu sinto-me mais ou menos assim... fucking depressed



"Ah the night...here it comes again"
It's on with the jeans, the jacket and the shirt
How'd I end up feeling so bad
For such a little girl
And I hold you close in the back of my mind
Feels so good but damn it makes me hurt
And I'm too scared to know to how I feel about you now
La Cienega just smiles..."see ya around"
And I hold you close in the back of my mind
And raise my glass 'cause either way I'm dead
Neither of you really help me to sleep anymore
One breaks my body and the other breaks my soul
La Cienega just smiles as it waves goodbye
"Ah the night...here it comes again"
It's off with the jeans, the jacket and the shirt
How'd I end up feeling so bad
For such a little girl
And I hold you close in the back of my mind
Feels so good but damn it makes me hurt
And I'm too scared to know how I feel about you now
How I feel about you now
La Cienega just smiles and says, "I'll see you around"

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

porque um dia todos acordaremos com o peso da realidade

[1741]

“E se as histórias para crianças passassem a
Ser de leitura obrigatória para os adultos?
.
Seriam eles capazes de aprender realmente
O que há muito tempo têm andado a ensinar?”
.
Saramago

.


A Maior Flor do Mundo from Fundação Jose Saramago on Vimeo.

Momento de televisão de grande nível

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

surdinas

[1739]

esta noite tive um sonho muito presente. resultado de uma morte pouco ortodoxa, mantinha-me no mundo como um vivo, tal como uma alma penada, vagueando um pouco por entre a gente indiferente (não é caso muito diferente em vida).
.
o resultado é um sono descompensador. trabalhar assim neste estado é difícil.
.
suponho que esteja presente no meu sub-consciente as palavras de imre kertész, baseadas no trabalho de tradução de wittgenstein. o negativismo, a aceitação da leveza da transposição imaterial, da passagem a outro estado menos tangível.
.
ou então é ainda resultado de umas férias muito boas, e o corpo está a ressacar de um bom período descanso...
.

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

ontem, hoje e amanhã

[1738]

às vezes dá-me aquela vontade avassaladora de falar mal. a sério que sim. mas a minha tendência para uma excessiva auto-análise e auto-crítica levam-me a reprimir esses ímpetos. não é contudo uma atitude generalizada na blogosfera.
.

sexta-feira, 24 de julho de 2009

este blog vai de férias

[1737]

estarei no algarve para uns dias de férias. esperemos que o tom esbranquiçado deste blog regresse mais diluido. num bom moreno de verão.
.

este blog já não diz nada

[1736]

há coisas que permanecerão sempre iguais. outras que mudarão de tonalidade. outras semelhantes serão espelhos contrastantes. e outras que poderão revirar do avesso a sua essência.
.
este blog emagreceu e tornou-se difícil de alimentar.
mas virá o dia em que a história se repitirá, e os seus filhos vivos voltarão a repetir-se.
.
um dia virá em que este blog voltará a dizer alguma coisa interessante.
.

terça-feira, 21 de julho de 2009

feeds

[1735]

ainda assim vale a pena manter os feeds dos mais de 150 blogs. é que este acabou e ainda fui a tempo de ler os ultimos 90 posts. é uma pena, mas ele há-de voltar com outro. um dia qualquer.
.

sexta-feira, 17 de julho de 2009

quem disse que para ser um grande escritor tinhas de ler tudo?

[1734]

grande entrevista a chico buarque.
.

" [...] Então estudei, li Machado de Assis, como li Eça de Queirós na escola. Eu li "Dom Casmurro", "O Alienista". Não li "Memórias Póstumas de Brás Cubas" [risos] [...] "
.

a montante

[1733]

não é propriamente a expressão que designa as mulheres da vida (as perdidas). é mais a análise que me atormenta. as meditações que faço e que me levam aos extremos dos problemas. ou das questões.
.
a montante do problema estão as raízes, as causas e provavelmente as soluções. obervar com isenção dá segurança. mas nem tudo é fácil como se apregoa por aqui tantas vezes em opiniões distorcidas.
.
mais simples seria falar d'as montantes. mas isso fica para outra altura.
.

segunda-feira, 13 de julho de 2009

curtas (as minhas e não as do indy) 5

[1732]

quando é que os americanos deixaram de ser vegetarianos?
.
quando chegou o cristóvão coLOMBO...
.

curtas (as minhas e não as do indy) 4

[1731]

é uma actriz tão feia, tão feia, que ainda bem que só há UMA thurman!
.

sexta-feira, 10 de julho de 2009

curtas (as minhas e não as do indy) 3

[1730]

tu róis as unhas?
.
o van nistel ROOY.
.

curtas (as minhas e não as do indy) 2

[1729]

estou a criar uma banda.
.
eu toco bateria e o SáVIOLA....
.

curtas (as minhas e não as do indy)

[1728]

para que serve um trampolim no pólo norte?
.
para o urso pular...
.

quinta-feira, 9 de julho de 2009

How I met your mother

No fim de semana passado, quase "MAMEI" 3 séries completas disto. Faltam-me alguns episódios da 3ª série e tenho de arranjar urgentemente a 4ª.

Grande sitcom.

How I Met Your Mother Cast

quarta-feira, 8 de julho de 2009

Festival Erótico Medieval

só mais um post um "calo-me" por hoje.

e quê pessoal, programa para o fim de semana? tem literatura, espectáculos e coisas assim... cultas.

Festival Erótico Medieval em V.N. de Gaia



cerveja

Qual redbull, qual água, qual quê!

Cervejinha é que é boa para a saúde.

"A cerveja pode ser uma "eficaz" bebida reidratante após a prática de exercício físico, revela um estudo científico realizado pela universidade de Barcelona, corroborado por outros semelhantes realizados em Espanha "

se eles dizem é porque é.

ler tudo aqui

The Chicken of Portugal

Um dos meus "hobbies" é navegar pelo imdb...
e quando de repente, isto.

Pronto, fiquei curioso.

pessimismo negativista

[1723]

Se eu pudesse novamente viver a minha vida,
na próxima trataria de cometer mais erros.
Não tentaria ser tão perfeito, relaxaria mais, seria
mais tolo do que tenho sido.
.
Na verdade, bem poucas coisas levaria a sério.
Seria menos higiênico. Correria mais riscos,
viajaria mais, contemplaria mais entardeceres,
subiria mais montanhas, nadaria mais rios.
Iria a mais lugares onde nunca fui, tomaria mais
sorvetes e menos lentilha, teria mais problemas
reais e menos problemas imaginários.
.
Eu fui uma dessas pessoas que viveu sensata
e profundamente cada minuto de sua vida;
claro que tive momentos de alegria.
Mas se eu pudesse voltar a viver trataria somente
de ter bons momentos.
.
Porque se não sabem, disso é feita a vida, só de momentos;
não percam o agora.
Eu era um daqueles que nunca ia a parte alguma sem um
termómetro, uma bolsa de água quente, um guarda-chuva
e um pára-quedas e, se voltasse a viver, viajaria mais leve.
.
Se eu pudesse voltar a viver, começaria a andar descalço no
começo da primavera e continuaria assim até o fim do outono.
Daria mais voltas na minha rua, contemplaria mais amanheceres
e brincaria com mais crianças, se tivesse outra vez uma vida
pela frente.
.
Mas, já viram, tenho 85 anos e estou morrendo...
.
.
.
ao que parece a viúva de jorge luis borges diz que este poema não é do escritor. ainda assim deixo-vos este poema porque as palavras não têm dono.
.

domingo, 5 de julho de 2009

JÁ REABRIU

.
Já reabriu o Irish Pub da Rua do Carvalhal. Aproveitem para dar uma passada por lá. Agradável na decoração e no ambiente. Ontem estive na inauguração e garanto-vos que vale a pena assistir a música ao vivo com uma boa cerveja estrangeira. Um vazio agora resolvido.
.

terça-feira, 30 de junho de 2009

Jesus Professor (recebido por mail)

Obrigado S. por este mail fabuloso:



Para os Professores que estão em avaliação

Naquele tempo, Jesus subiu ao monte seguido pela multidão e, sentado sobre uma grande pedra, deixou que os seus discípulos e seguidores se aproximassem. Depois, tomando a palavra, ensinou-os, dizendo:

Em verdade vos digo,

-Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus.

-Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados.

-Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles...

Pedro interrompeu:

- Temos que aprender isso de cor?

André disse:

- Temos que copiá-lo para o papiro?

Simão perguntou:

- Vamos ter teste sobre isso?

Tiago, o Menor queixou-se:

- O Tiago, o Maior está sentado à minha frente, não vejo nada!

Tiago, o Maior gritou:

- Cala-te queixinhas!

Filipe lamentou-se:

- Esqueci-me do papiro-diário.

Bartolomeu quis saber:

- Temos de tirar apontamentos?

João levantou a mão:

- Posso ir à casa de banho?

Judas Iscariotes exclamou:

(Judas Iscariotes era mesmo malvado, com retenção repetida e vindo de
outro Mestre)

- Para que é que serve isto tudo?

Tomé inquietou-se:

- Há fórmulas? Vamos resolver problemas?

Judas Tadeu reclamou:

- Podemos ao menos usar o ábaco ?

Mateus queixou-se:

- Eu não entendi nada... ninguém entendeu nada!

Um dos fariseus presentes, que nunca tinha estado diante de uma
multidão nem ensinado nada, tomou a palavra e dirigiu-se a Ele,
dizendo:

Onde está a tua planificação?

Qual é a nomenclatura do teu plano de aula nesta intervenção didáctica
mediatizada?

E a avaliação diagnóstica?

E a avaliação institucional?

Quais são as tuas expectativas de sucesso?

Tens a abordagem da área em forma globalizada, de modo a permitir o
acesso à significação dos contextos, tendo em conta a bipolaridade da
transmissão?

Quais são as tuas estratégias conducentes à recuperação dos
conhecimentos prévios?

Respondem estes aos interesses e necessidades do grupo de modo a
assegurar a significatividade do processo de ensino-aprendizagem?

Incluíste actividades integradoras com fundamento epistemológico produtivo?

E os espaços alternativos das problemáticas curriculares gerais?

Propiciaste espaços de encontro para a coordenação de acções
transversais e longitudinais que fomentem os vínculos operativos e
cooperativos das áreas concomitantes?

Quais são os conteúdos conceptuais, processuais e atitudinais que
respondem aos fundamentos lógico, praxeológico e metodológico
constituídos pelos núcleos generativos disciplinares,
transdisciplinares, interdisciplinares e metadisciplinares?

Caifás, o pior de todos os fariseus, disse a Jesus:

- Quero ver as avaliações do primeiro, segundo e terceiro períodos e
reservo-me o direito de, no final, aumentar as notas dos teus
discípulos, para que ao Rei não lhe falhem as previsões de um ensino
de qualidade e não se lhe estraguem as estatísticas do sucesso. Serás
notificado em devido tempo pela via mais adequada. E vê lá se reprovas
alguém! Lembra-te que ainda não és titular e não há quadros de
nomeação definitiva!...

... Agastado com tudo isto, Jesus pediu a reforma antecipada - aos trinta e três anos!...

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Tio Quim sempre a inovar!

Não sei se a ideia é apostar no público infantil. Talvez seja, mas o que é certo é que a dada altura a letra começa a descambar e, tivesse a música mais um minuto ou dois, acabariamos a ouvir rimas para "panqueca", "sarjeta", "camiões" e "orvalho".

Num estilo muito "Avô Cantigas" ou "Bebé Lili" aqui fica o vídeo:

terça-feira, 23 de junho de 2009

S. João de Braga

Há uns anos atrás eu dizia... ah e tal o S. João... já teve mais piada... agora é naquela...

Hoje, no meu terceiro ano consecutivo longe de Braga na noite de S. João, só me apetece dizer... Foda-se.

Vamos ver se é para o ano. Bebam uma por mim.

Como diria uma proeminente figura de Maximinos nos idos de 2004 "Deviam fazer todos os anos um Euro 2004, que o S. João é que ia ser..." Este ano voltou a não haver Euro 2004 (não sei porquê), mas estou na mesma com saudades da festa.

S. João 2004. O ano da grande fuga. Eu e o Salib pareciamos o Butch Cassidy e o Sundance Kid a fugir de um banco. Só que o banco era uma pizaria que tem nome de gaja, de gaja que tem um jardim. Não vos digo qual é... e não fugimos por sermos más pessoas, mas porque ao fim de quase uma hora ninguém nos trazia a conta. Escorreguei no último degrau, mesmo no fim da fuga e fodi-me todo. O chão estava torto (ou seria eu?) Mesmo assim não fomos apanhados. Uns artistas que vinham atrás de nós é que ficaram presos lá dentro.

Não tenham pena que os pizeiros não ficaram a perder, se tivermos em conta que naqueles dias, sempre que havia jogo, os gajos andavam a levar dois euros pelo fino, e isso era a nós que somos portugueses.