terça-feira, 20 de novembro de 2007

fnac

[420]

confesso que ando um pouco desiludido com a fnac. acho que o espaço não é condizente com a grandeza anunciada, nem estará de acordo com os pergaminhos que ela deveria albergar. digo isto porque quando vamos à fnac, e não tens à mão mais do que alguns livros que qualquer hiper tem, então julgo que tudo aquilo é redutor. redutor o espaço dos livros, redutor nas obras em escaparate, redutor porque tem muitas edições escondidas nas prateleira, sendo que a anunciada selecção de obras estrangeiras ou alternativas, ficou esquecida.
.
há quem queira dormir lá [fontes do ídolo], e não há dúvida de que o espaço é aprazível, moderno e convidativo. mas redutor. há ali demasiada importância dada ao negócio de máquinas, telemóveis, televisões e câmaras de filmar.
.
mas ainda assim é um espaço que vai fazer variar a oferta cultural. ontem estivemos lá a assistir a um concerto dos "a jigsaw", [aqui] têm uma das mais recentes, do álbum "letters from the boatman".
.
já agora mais uma ideia. que tal tornarem o site da fnac mais simples ou pelo menos com mais destaque para os eventos diários? é que pelo número de pessoas que estavam ontem a assistir ao concerto não me parece que estivessem bem informadas. e depois ,como haverá quem não tenha a informação, não é muito fácil de a conseguir.
.

(flyer de informação da FNAC)
(clique para aumentar a imagem)
.
p.s. farei serviço público ao informar aqui com alguma antecedência os eventos da fnac.

3 comentários:

Dr. Etcétera disse...

:-)

Anónimo disse...

Olha,em relação ao espaço da Fnac no global, não posso adiantar muito porque cheguei mesmo em cima da hora do soundcheck e não pude andar na passeata do costume pela secção indie de cds ;) mesmo assim, em relação ao espaço do concerto, gostei da cortina vermelha de fundo; acho que ficou janota. Em termos de som, a acustica pareceu-me boa. É pena a sala ser pequena, ainda consegue ser mais pequena que a nossa de Coimbra, mas é bastante acolhedora - ou então foi do público, que como de costume por essas bandas é sempre fantástico.
abraço e bons blogs ;)
João Rui
(a Jigsaw)

Fernando Pessoa disse...

Olá meu caro João Rui,

Antes de mais apresentar os meus parabéns pelo seu som, "pessoalmente", e dizer que gostei muito da vossa mistura, os sons da bateria secos, os solos de violino rasgadinhos (ainda que poucas vezes), e da versatilidade entre os micros :)

de resto o espaço de coimbra não conheço, e acho que já me habituei mais ao espaço, vamo-nos familiarizando mais e adapando-nos áquilo que vai ser a "nossa casa".

Desejo-vos muitas felicidades e sorte na vossa carreira.

Abraço.