domingo, 4 de novembro de 2007

Olha a média...

"Depois de ter apresentado um projecto de lei sobre o novo Estatuto do Aluno, cujas alterações iriam redondar no surgimento de três tipos de alunos: os que iam à escola e estudavam, os que iam à escola e não estudavam e os que os que não iam à escola e não estudavam; tendo todos os mesmos direitos, mas claramente sem os mesmos deveres."
"No dia 31, o PS apresentou uma nova versão do diploma, desta feita prevendo o chumbo do ano, a exclusão da frequência das disciplinas com falta de assiduidade ou, em alternativa, a elaboração de um programa de recuperação dos conhecimentos. "
Parece-me, claramente, que o governo quer a todo custo e seja de que forma for, aumentar os índices de sucesso escolar, aumentar as nossas médias de escolaridade, para isso enganando-se a sí próprio (e a nós), dizendo cá dentro e lá fora que somos um país cada vez mais "culto".
Sr. Primeiro-Ministro, e que tal, aproveitando agora os novos cartões únicos, colocar, um Dr., antes do nome de cada um??? E nos novos registos dos recém-nascidos colocar aleatoriamente Dr., Eng.,..., antes do José Manuel ou da Maria Esteves??? Disparavam as médias, concerteza, disparavam sim senhor...

9 comentários:

Anónimo disse...

"Depois de ter apresentado um projecto de lei sobre o novo Estatuto do Aluno, cujas alterações iriam redondar no surgimento de três tipos de alunos: os que iam à escola e estudavam, os que iam à escola e não estudavam e os que os que não iam à escola e não estudavam; tendo todos os mesmos direitos, mas claramente sem os mesmos deveres."

"e as alterações ao Estatuto do Aluno: "Afinal os estudantes (que vão à escola e estudam), os escolantes (que vão à escola e não estudam) e os faltantes (os que não vão à escola e não estudam) passam a ser tratados ao mesmo nível, com os mesmos direitos, mas raramente com os mesmos deveres."
David Justino

http://ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1309625

A copiar também não vale....
Que tal haver alguma originalidade??
É por copiar, que se formam muitos Doutores e Engenheiros de trazer por casa.
Se alguém que diz mal de outra pessoa por esta tentar que seja aprovado um Estatuto de Aluno em que os que não vão à escola (vulgo "cábulas") são tratados com os mesmo direitos dos que vão, se põem a COPIAR textos, fazendo-se passar por autor dos mesmos, julgo que se está a enganar a ele mesmo, e aos outros, e quando muito não passa de um "escolante".
Não é a primeira vez que esta situação acontece aqui no blog. Pedia-lhe para que não a voltasse a repetir, não fica nada bem a um candidato a uma presidência de uma Junta de Freguesia.

Ass: Anónimo

P.S. - Pode agora fazer trocadilhos "originais", daqueles que inventa na hora e tudo....sobre as palavras "Ass", e "Anónimo", e etc, etc, etc.
Originalidade fica sempre bem ...

Anónimo disse...

Não quero que deixem de ler a notícia ORIGINAL, portanto aqui está o endereço completo.
http://ultimahora.publico.clix.pt/
noticia.aspx?id=1309625

RSM disse...

As aspas, devem quer dizer alguma coisa...eu pelo menos aprendi isso. O título de ass: anónimo já o tem, mas parece querer candidatar-se a outro que ainda não descobri qual. No dia em que ganhar coragem para se tratar pelo nome, talvez, lá chegue...

RSM disse...

Os trocadilhos "ass" e anónimo" foram colocados por alguém num comentário... mas caíram-lhe que nem uma luva...

Anónimo disse...

Por aspas depois de eu comentar é batota....
Tenha um bocadinho de juízo.
Alterar o seu post depois de eu comentar já é mau, mas por aspas no seu texto, que não é citado, mas sim copiado quase à letra, é ainda pior.
Para sua informação:
"As aspas são usadas para:

* citações
* destacar palavras pouco usadas (palavras estrangeiras, palavras com valor afectivo, palavras com sentido irónico etc.)
* títulos de obras
"
in Wikipedia, http://pt.wikipedia.org/wiki/Aspas

Resumindo: quando citar, use aspas, e ponha a referência bibliográfica ou outro tipo de referência.
Quando "copiar" (aqui usa-se aspas, para dar a entender que é muito mau o que fez..), ao menos copie de um sítio que não seja muito conhecido, para ninguém dar por ela ...

RSM disse...

O caro amigo deve mesmo querer implicar, comigo, faz afirmações gravissímas, que não têm um pingo de verdade, para que fique de umas vez por todas esclarecido: nunca quis aqui fazer o que o senhor afirma (citei, pus aspas, se não coloquei a referência bibliográfica, foi por lapso), creio que alguma animosidade, lhe estará a turvar os comentários e levou-o a fazer afirmações que não correspondem á verdade.

Anónimo disse...

Leia com MUITA atenção o meu último post. Se não ficar esclarecido, da próxima, não altere os seus posts.

RSM disse...

amigo não disfarçes os teus receios e a tremenda injustiça que cometes-te, refugiando-te, em factos não verdadeiros, e se começa-ses assinar os teus comentários com um P,no mínimo, talvez fosses levado mais a sério...

Fernando Pessoa disse...

ESCLARECIMENTO:

Nunca bloqueamos nem apagamos posts de quem quer que seja. Contudo, e a bem da verdade, queremos reafirmar que o post não foi alterado posteriormente e as afirmações devem ser tomadas como verdadeiras.

Agradecemos de qualquer modo que a discussão se situe ao nível dos assuntos referenciados nos posts e não no insulto pessoal. é mau e não fica bem que os assuntos tratados, alguns deles de enorme relevância, sejam tratados desse modo.se insistirem, seremos obrigados a apagar o que não for importante para os assuntos tratados...

a bem da democracia participativa,

o admnistrador do blog