quarta-feira, 9 de abril de 2008

a amélia do olhos doces

[873]

sim, olhos azuis e doces como os da cantiga. e umas mãos fadadas para o prazer. em duas massagens fez mais por mim do que qualquer banho de imersão com sais ou música clássica a rolar no leitor. assim lhe agradeço, mesmo que seja mais do que o valor normal de mercado.
.
ah, e corta o cabelo com uma mestria que só visto.

4 comentários:

El Salib disse...

Andas a sair com o Artur?

Fernando Pessoa disse...

não percebi. explicas isso melhor depois. mas a amélia que estava de vestidinho e laço vermelho na cinta, valia o esforço de vender a alma :) sem me arrepender do negócio...

Fernando Pessoa disse...

ja percebi :) esquece...isto anda meio desatinado...

PontoGi disse...

El,
kkr dia tem de explicar à malta quem é esse Artur.