quinta-feira, 17 de abril de 2008

Carta Aberta ao Presidente da Câmara de Braga

Senhor Presidente,

Aqui há uns tempos subscrevi, no site oficial da CMB, um mail a que vocês chamam Canal Informativo, a fim de obter regularmente informações úteis acerca do que se vai passando na nossa cidade. Desde já agradeço as mais variadas informações que me têm feito chegar. O que eu não entendo é que, o tal Canal Informativo que subscrevi no site OFICIAL da CMB, ande agora a fazer campanha eleitoral pelo seu partido, ainda por cima um tipo de campanha patética, parola, de longe mais ridícula que o Toy e o Roberto Leal juntos, vestidos de bailarina!

No passado dia 15 de Abril recebi, através do tal Canal Informativo, um Comunicado do Gabinete da Presidência que se referia à abertura de campanha da principal força da oposição na cidade de Braga. Pelos vistos os senhores da oposição acusam o actual executivo de estar de costas voltadas ao conhecimento científico. Olhe que malandros, já viu, lembram-se de cada uma… Mas deixe lá, a sua equipa foi pronta a responder, e está no seu direito. Pelo menos enquanto argumentar, com ou sem razão, que afinal a CMB não está, de maneira alguma, de costas voltadas ao conhecimento científico.
Até aqui tudo bem, cada qual tem as suas razões e o eleitorado que trate de julgar uns e outros.

Mas há aqui uma coisa que me chateia… Para refutar as declarações da oposição, as tais acerca das costas voltadas, proferidas num determinado evento junto de representantes de alguns meios académicos bracarenses, utilizam-se argumentos do tipo:

“Tal como fizera antes da última derrota eleitoral, (a coligação de direita) chamou-lhe «Dia da UniverCidade»(nome do evento levado a cabo) e com ela pretendia mostrar que, se e quando chegar ao poder, líderes académicos e dirigentes políticos não passarão um dia que seja sem que consertem o futuro do concelho ao sabor do mesmo prato e do mesmo copo e ao som de um trompete afinado pelo mesmo diapasão.”

ou

“Se na sua primeira edição, a abertura da tal campanha que levou à derrota ainda registou alguma adesão da militância académica, nesta segunda, que sexta-feira distribuiu cinco dezenas de pessoas por um auditório de 200 lugares, viu bem reduzida a sua atractividade.”

E ainda dizem isto…

“Obviamente que não compete à Presidência da Câmara Municipal de Braga reflectir sobre este facto puramente partidário”

E eu pergunto, então porque é que reflectiram?
Não seria suficiente dizer que as acusações que lhes foram feitas são inválidas porque, tal, tal e tal... debatendo como gente civilizada, expondo as vossas razões para que os munícipes analisem as razões de uns e outros, formando livremente a sua opinião???

Não, é melhor assim como fizeram, vamos ser parolos que é disto que o povo gosta!

Era o que faltava termos agora uma campanha em que se explicam projectos e debatem ideias. É preciso é lavar roupa suja... o povo gosta.

Sejam parolos à vontade... Fica é um bocado mal utilizar o site oficial do Município para fazer campanha.

Façam bolas, daquelas de plástico (de um lado o simbolo do P.S. e do outro comunicados do João Paulo Mesquita. O simbolo do lado de fora, o comunicado do lado de dentro! Vai ver que ninguém se chateia e continuamos a ser todos uns parolos contentes.

18 comentários:

O Poeta Morto disse...

daqui a pouco levamos a cabo outra votação. quais as melhoras bolas alguma vez oferecidas em campanhas para as eleições municipais? as do mesquita que eram de borracha ou as do rui lages que eram laranja e de plástico?

quanto ao resto (ao conteudo do post propriamente dito) nao tenho nada a dizer. eles "andem" aí...

RSM disse...

Zé, tiraste-me as palavrinhas da boca, só ainda não tinha feito o mesmo para não virem acusar-me de partidarismos e sabe-se lá mais o quê :). E olha, eu não subscrevi coisa alguma e tenho que aturar essas "paroladas" à mesma.

Companhia das Camurcinas disse...

batista olha que a mim nao me chegou nada disso... nem tao pouco aturo as "paroladas" referidas... sabes pq, sabes?!

:)

ja tens idade para ter juizo


M.I.J.A. para a frente!!

O Poeta Morto disse...

mas com o vento a favor. ao contrario dá molha...

Anónimo disse...

Só não apreciei este post porque combina mal com tão erudita poesia que por aqui está "chapada"...
M.I.J.A para a frente!

El Salib disse...

Palmas para este senhor!

Anónimo disse...

Sabes uma coisa, poeta morto, com as minhas bolas é que ninguém vai brincar.Os camurcinas que se entretenham com os comunicados do joão paulo mesquita!!!!!

Anónimo disse...

Deixando para lá o comunicado, que não me interessa pra nada, só estranho que vocês chamem parolos aos outros e tenham tido o descaramento de confessar que foram ver aquela miséria salazarenta dos fadistas de meia tigela que sacudiram a nafetalina no Theatro Circo. Que subjectividade.................

do-partido-fora-com-eles-de-vez disse...

suponho que o cheiro a naftalina deva ser dos fatos repetitivos do JPM. ou das ideias retrógradas da vereadora da cultura...

deixando o comunicado pr'a lá do que nos interessa, os parolos são os que perdem tempo com os delírios pós-sardinha do JPM...

Anónimo disse...

Alguém me diz quem é o JPM que vai ao sardinha?

Anónimo disse...

os anónimos finalmente provam que só sabem dizer asneiras :) em pouco tempo se demonstra a qualidade que quem escreve aqui...

O Poeta Morto disse...

viram como eles andam aí?

O Poeta Morto disse...

está tudo é a precisar de uma boa malga de nestum!

Companhia das Camurcinas disse...

atenção amigos... eu ja o disse mts vezes!! estamos rodeados por um cubil!!

:)

Companhia das Camurcinas disse...

Estas conversas acesas acabam sempre por acontecer pq infelizmente se traz para este agradavel blog conversas e temas que no meu entender deveriam ser sanadas pelo nosso ilustre e administrador do blog!!

Anónimo disse...

viva a censura! diz o camurcina

Fernando Pessoa disse...

cada um pode e deve dizer dentro dos limites, o que lhe apetecer. desde que não se entre em insulto.

O Poeta Morto disse...

insulto é o cerelac estar a dar um atesto ao nestum! nao sei como