segunda-feira, 21 de julho de 2008

porto bike tour 2008

[1134]

domingo,
porto, oito da manhã.
espera longa, convívio animado. o porto bike tour 2008, apesar da demora pela confusão gerada por tanta gente junta, torna-se uma experiência animada e desportivamente rica.



é em certos momentos (como este) que podemos pensar um pouco na vida como um trajecto. o esforço dispendido pode ser menor umas vezes, com terreno plano e asfaltado, ou pode ser noutras alturas, mais íngreme e duro, com terreno trepidante e de passagem complicada. no fim de tudo, só é recompensado o genuíno enfrentar das dificuldades.

11 comentários:

O Poeta Morto disse...

e a meia de leite?

Indústria disse...

Ó "faxavor", era uma meia de leite, uma bola e... um fino pr'ó caminho (de tacada).

GRANDE JOGADOR...

Fernando Pessoa disse...

tomas lá enquanto esperas :)

O Poeta Morto disse...

ainda hoje deve estar a espera dela

andy disse...

tomas lá, tomas lá ... navais navais ... nunca mais

El Salib disse...

Ó Andy, para o próximo ano? Lá estamos? Está marcado?

Anónimo disse...

que dores no cú...

O Poeta Morto disse...

é pior que o "palanalto". mas hoje quem quiser sou gajo de ir andar!

Indústria disse...

Pelo andar da carruagem aposto que chego aí e é só camurcinas em boa forma, que até lavam a roupa nos abdominais.

Companhia das Camurcinas disse...

se nao fosse um gajo acordar o pessoal!! queria ver quem se levantava...

:)

O Poeta Morto disse...

sim, sim, muito obrigado por isso... escusado era ter sido 45m antes de me por a pé e 3h.15m após me ter deitado...