segunda-feira, 15 de setembro de 2008

o estranho caso do que se escondeu durante anos

[1213]

carrego quase 700 páginas da mais pura prosa portuguesa. durante anos acreditei ser impossível ler este romance. apesar de já ter lido eça de queiroz, (o crime do padre amaro, e o primo basílio) achava que os maias seriam um tarefa difícil. esta obra foi uma das que tinha desistido na página 50 (a par do memorial do convento - esta também acabei por ler mais tarde) e permanecia como uma muralha intransponível.
.
por agora saboreio a escrita, depois tratarei de tornar o eça num dos escritores dos quais poderei dizer que li a obra toda. se souberam quem edita a obra completa do eça, agradeço que me deixem na caixa dos comentários.

5 comentários:

tonsdeazul disse...

Eu sou uma apaixonada pela obra de Eça de Queirós. As obras dele consegui através daquelas colecções da Planeta Agostini. Não sei se eles ainda a têm...

Teté disse...

Pois eu nunca li Saramago - ou seja, desisti logo no início, porque aquela falta de pontuação pode ser um estilo muito rico e inovador, mas baralha-me os neurónios - acho impossivel compará-lo com o Eça, que sempre li e gostei muito (excepto o "Mistério da Estrada de Sintra"), embora longe de ler todos os livros dele.

Suponho que os "Livros do Brasil" terão a edição completa e imagino que também haja no "Círculo dos Leitores".

"Os Maias" li obrigatoriamente nos tempos de liceu, este ano saiu "Eça Agora - Os Herdeiros de Os Maias", um livro escrito a 14 mãos ou a 7 teclados por Alice Vieira, João Aguiar, José Fanha, José Jorge Letria, Luisa Beltrão, Mário Zambujal e Rosa Lobato Faria, que é uma crítica bem humorada à sociedade portuguesa actual, partindo da história do Eça. Ambos fantásticos, cada um no seu género! :)

Jinhos!

Fernando Pessoa disse...

obrigado pelos conselhos :) julgo que vou optar pela editora, livros do brasil...

quanto a saramago é outro que vou tentar ler a obra toda, depois vai ser mais fácil acompanhar a obra do valter hugo mãe porque já li muita coisa dele...quanto ao resto talvez aposte também no gabriel garcía márquez, e dos outros ler as obras essenciais de quem lê...

obrigado pelas visitas simpaticas,

bjs

S. disse...

Círculo de Leitores certamente...eu tenho a minha, lida de fio a pavio...

Injusto é termos uma só vida para tanta boa literatura!

Fernando Pessoa disse...

s.,

tão pouca vida para tanto livro que me faz falta. começo a ter essa noção, e a ter dificuldade em escolher tudo o que leio de forma meticulosa, para que não desperdice energias em livros menos bons.

bj