quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Tecktonic

Aqui à tempos passei por um grupo de jovens que se agitava freneticamente, como quem está a rasquinha para mijar (estão a ver aquela sensação de subir no elevador e parece que nunca mais chegamos a casa).
Parei para olhar uns segundos. Toquei no ombro de um deles e disse-lhe:

- Casa de banho, segunda esquina à direita...
Ao que ele responde:
- Não amigo. Isto é tecktonic! Alta onda man!

Mal o puto sabe que num ex-território da URSS, há quem tenha o dobro da sua idade e lhe dê 15 a 0 nas "matinés dançantes"

Só visto:


Tempos depois, no mesmo local voltei a encontrar outro puto com a tal agitação frenética. Para lhe mostrar que sou um gajo "bué da jovem" cheguei-me ao pé dele e disse:

- Isso é tecktonic!
E ele responde:
- Não. Pensei que eram só gases mas caguei-me todo!


E para terminar, uma piada à Arcebispo de Cantuária que acaba de me ocorrer, depois de ouvir a banda sonora do filme mostrado neste post:

- Onde é que estão os cigarros.
- Os cigarros no Cazaquistão!

3 comentários:

Anónimo disse...

Não vai aparecer por aqui aquela camurçina que canta na TUNA, a contar a história daquele gajo que foi para casa todo cagado?

Indústria disse...

Conheço duas histórias dessas. Mas nenhuma aconteceu na tuna... Uma foi no grupo de jovens e outra... a outra não sei bem onde aconteceu mas acho que foi lá para os lados de Real.

O Poeta Morto disse...

o andy até lhes ensinava alguma coisinha...