sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

do 2008 que termina

[1437]

torna-se necessário fechar as contas. do ano que passou falta referenciar algumas obras que li, também para que o blog seja um auxiliar de memória daqui a uns anos para mim.
.
20 # mapa de manuel a. domingos (livro do dia)
21 # efeito borboleta e outras histórias de josé mário silva (oficina do livro)
22 # a arte de ser português de teixeira de pascoaes (biblioteca editores independentes)
23 # desgraça de j. m. coetzee (biblioteca sábado)
24 # histórias do bom deus de rainer maria rilke (edições quasi)
25 # cartas a um jovem poeta de rainer maria rilke (edições quasi)
26 # as cantinas e outros poemas do alcool e do mar de malcolm lowry (assírio e alvim)
27 # baía dos tigres de pedro rosa mendes (publicações dom quixote) ler a minha análise
28 # ficções de jorge luís borges (colecção mil folhas)
29 # de haver relento de andreia c. faria (cosmorama)
30 # dominga de agustina bessa luís (cosmorama)
31 # a viagem do elefante de josé saramago (caminho) ler a minha análise
32 # nenhum olhar de josé luís peixoto (bertrand)
.
em leitura pendente que transita,
.
folclore íntimo de valter hugo mãe (cosmorama)
marcas de urze de catarina costa (cosmorama)
a faca não corta o fogo de herberto hélder (assírio e alvim)
carta ao pai de franz kafka (quasi edições)
poemário 2008 (assírio e alvim)
os maias de eça de queirós
.
realço ainda o regresso da revista ler com o francisco josé viegas ao leme, passando a publicação mensal.
.
o resto estava por aí escrito. venham mais uns meses de 2009 para continuar a ler o que há, e se escreve, de bom em portugal.

5 comentários:

PKB disse...

Fiquei a sentir-me tão... analfabeta! Tenho de ler muito mais, chiça!
Beijinhos!

manuel a. domingos disse...

então é o senhor um dos três leitores que me leram?(piada que fica sempre bem nestas alturas)

Dr. Etc. disse...

a carta ao pai é um dos melhores livros que já li

Teté disse...

Bom, desses todos só li os Maias do Eça, nos idos dos tempos de liceu...

Mas tenho essa "Desgraça" cá para ler, e um de contos do Herberto Hélder (esse livro dele que falas não se encontra em parte nenhuma).

Reparo, porém, que leio muito menos autores portugueses que tu - este ano foram só 3! E estrangeiros foram pelo menos 15 (não sei se anotei todos os que li)...

Vá, continuação de boas leituras! :)

S. G. ex - Fernando Pessoa disse...

pkb,

não sintas. eu quanto mais leio pior fico.

manuel,

eu levei-o comigo na viagem de verão. foi companhia nas noites de descanso. e o título vinha a calhar, e eu estive em viena com ele :)

estimado dr,

devo dizer que me surpreendeu rilke. o kafka não me agrada muito, não sei. já li a metaforse em tempos e não me tinha agradado. este também vai pelo mesmo caminho. espero que na terceira oportunidade esteja preparado para entender a grandeza dele.

teté,

eu prefiro ler em português. já tenho umas coisas em lista de espera e outras encomendadas. mas não é por aí que não se deve ler o que é garantidamente bom, embora estrangeiro. e leio.

a todos boas leituras. e obrigado pelos comentários