sexta-feira, 14 de setembro de 2007

A parceria - Parte II

Via [Fontes do Ídolo], deixo-vos aqui uma parte do texto levado à assembleia municipal de braga, e que faz parte da proposta para a parceria publico-privada para a realização de algumas obras.

[...]"No que concerne à instalação de pisos sintéticos e arranjo de balneários serão contempladas, neste âmbito, as freguesias de Arcos São Paio, Aveleda, Celeirós, Cunha, Fraião, Frossos, Gondizalves, Guisande, Lomar, Maximinos, Merelim São Paio, Navarra, Nogueira, Padim da Graça, Palmeira (Póvoa), Pedralva, Santa Lucrécia, São Lázaro (Camélias II), São Vicente (Bairro da Misericórdia), Tadim, Arentim, Cabreiros, Crespos, Espinho, Este São Mamede, Este São Pedro, Figueiredo, Mire de Tibães, Morreira, Panoias, Parada de Tibães, Semelhe, Sequeira, Parada de Tibães, Vilaça e Vimieiro."[...]

Longe da discussão que se gerou em torno disto, apenas pergunto onde está a freguesia de REAL?
Será que as obras necessárias nos balneários do Realense F.C., que serve dezenas de miúdos, teimam em ficar esquecidas?
Ou será que um caldeira e umas pinturas afectariam o orçamento de 70 milhões?

isto é que afecta a gente da minha terra. por isso, sem politica abram os olhos e toca a encher a caixa de e-mail da junta de freguesia de real. [AQUI]

p.s. se não conseguirem enviar nenhuma reclamação ou e-mail, não se inquietem muito. é mesmo porque nada daquilo funciona.

3 comentários:

Presidente disse...

Muito bem visto caro F.P, tb não me escapou essa sensibilidade e na próxima Assembleia de Freguesia, lá abordarei o assunto. Também para que já quis deixar de apoiar o Realense (claro que nos opusemos veementemente) esta temática passa-lhes completamente ao lado... de certezinha

Anónimo disse...

"Fernando Pessoa disse...
Atenção amigo. Sem exagerar. Nada de discussão política facciosa ou tendencias demasiado vincadas. Não transformemos o Blog nisso." (Julho/07)

Fernando Pessoa disse...

Caro anónimo,
digo e repito.
o post fala muito claramente em não esquecer a freguesia de real, e não fala uma única palavra, seja ela tendenciosa ou não, sobre a legitimidade ou legalidade da parceria.
e se ler com atenção o blog (ou pelo menos o que eu escrevo) não vê nenhuma tomada de posição política. apesar de a ter. e de darquando bem entendo. só não o faço aqui.

saudações e continue a passar por cá, que será sempre bem ecebido.