terça-feira, 16 de outubro de 2007

estados de pura ostentação rebelde da realidade

[291]

lendo e relendo os blogs encontramos demasiadas vezes palavras de quem sabe descrever o que sente. eu por mim quando sinto que vale a pena certas palavras serem repetidas até à exaustão (que incongruência), não hesito em massacrar quem lê este blog,

"[...] Todos estes meses têm sido de «hurricane relief». Drenar os locais inundados, reerguer paredes, consertar telhados, pregar portas, pôr novos vidros nas janelas, fazer um lote de salvados, encontrar pequenos rituais novos, pequenas comunidades de esperança, motivos para continuar como dantes. Não estou convencido de que isto resulte. Mas faço como se acreditasse. Como se o «hurricane relief» trouxesse alívio e fizesse esquecer o furacão. Até que um dia esqueça que estou em «hurricane relief». E viva enfim como se houvesse alívio possível. [...]

Pedro Mexia

via [estado civil]

2 comentários:

Zé Baptista disse...

Alguém "mexeu" com o Pedro Mexia...

Fernando Pessoa disse...

:)

o baptista está vivo e ainda "mexe"!