quinta-feira, 29 de novembro de 2007

O adeus

Após 21 anos com os MadreDeus, Teresa Salgueiro, abandona o grupo, com o intuito de se dedicar a projectos mais independentes, como, "Você e Eu", "La Serena" e "Silence, Night and Dreams" em colaboração com o compositor polaco Zbigniew Preisner.
Votos da maior sorte do mundo! Bem merece!
Assim como aos MadreDeus, assim desejem continuar como grupo! Mas será que fará sentido sem a sua Diva?

6 comentários:

Fernando Pessoa disse...

Adeus ... não me parece ... mas um até já...ela acaba de editar o terceiro álbum em apenas um ano!

isso é até já definitivamente...

RSM disse...

Um adeus aos MadreDeus, leia-se... assim o disse ela, ouvi em entrevista à sic notícias... não foi um até já...

O Poeta Morto disse...

ela abandonou o grupo Madredeus para se dedicar a outros projectos. A solo ou com outro grupo já nao sei. mas os Madredeus já nao contam mais com a voz dela, isso é certo, também ouvi assim.

Bruno Miguel Machado disse...

Nunca tive oportunidade ver os Madredeus ao vivo. Há uns dias comentava que tinha de assistir ao próximo espectáculo. Os Madredeus nunca mais serão os mesmos. Vai ser muito difícil substituir Teresa Salgueira.

Fernando Pessoa disse...

Caro bruno,


Parece que agora só se for em DVD :)

Bem, eu desejo que ainda possas realizar esse desjo.

Onun Ras Al Gull disse...

Hei!Sabem o que é que os MadreDeus têm de fixe?

NADA.