quarta-feira, 16 de janeiro de 2008

inveja

[605]

invejo quem sente a felicidade sem se questionar se o que sente é verdadeiro. dirão esses incautos libertinos, de paz de espírito reinantes, inquestionantes, sossegados perante o acaso da vida, que se sorriem é porque estão felizes.
.
eu desconfio dos sorrisos. assim da forma como eles são. tão insistentes e estridentes, que me soam a alarmes exteriores de buracos sentimentais.
.
e assim, ou eu estarei enganado, e não sei ser feliz, ou eles é que se andam a enganar a si próprios.

3 comentários:

butterfly disse...

a "ignorância" é a mãe de todas as felicidades! :)

Fernando Pessoa disse...

acredito que sim, e o post vai todo nesse sentido...aliás quem nunca se questiona sobre absolutamente nada na vida, vive sempre com um sorriso.

Teté disse...

Existem pessoas que não se questionam tanto na busca da felicidade...

Ná, nem inveja de quem anda sempre com um sorriso nos lábios, nem a amargura de duvidar de tudo e todos! Com o tempo, encontra-se um ponto de equilíbrio...

Tem um dia BOM! :)