quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008

cinenimação

[751]

jumper - trailer **
(dia 13/02/2008)
.
não é mau, mas foi mais uma oferta simpática da prima. e por isso não se pode recusar ver um filme na grande tela.
.

.

sweeney todd: o terrível barbeiro de fleet street - trailer ****
.

.
este sim, uma aposta muito conseguida de tim burton. com cenários londrinos escuros e pestilentos, a história do barbeiro que vai preso injustamente, e volta para a sua vingança. o choque de cenário pontual, deixa uma imagem de agilidade e obsessão do realizador. um desenrolar de certa forma ineperado, com um final shakespeariano, uma tragédia grega, com a pietá retratada em vermelho.

11 comentários:

Teté disse...

Os oscares são já no Domingo e estou com os filmes todos em atraso... :(

Isto é o que dá ter conjuntivites! ;)

O Poeta Morto disse...

e nós ainda temos de ver o "haverá sangue", o "no country for old men" e o "juno"

quanto à suposta melhor historia de amor dos ultimos tempos "once" parece que nao vai sair em Portugal tão cedo...

Fernando Pessoa disse...

eu acrescento que também vou ver esses obrigatoriamente. eu começava já hoje, com o michael clayton, amnhã asterix e segunda PS I LOVE YOU (eu arranjava era uma boa companhia:)...

o resto vem depois (no country for old men so estreia para a próxima semana)

andy disse...

o génio surpreende em cada filme novo

mar disse...

finalmente um tempinho pra poder comentar qq coisita neste blog.. é que depois de calor de perdição nao tibe mais oportunidade de passar por cá =(

é o trabalho é o trabalho..)

fui ver jumper e, como dizes não é mau.. gostaria de ter visto Sweeney todd mas a companhia não estava prai virada porque nao lhe agrada o tipo de filme =(

qto à sugestão de filmes apontados nos comentários deste post, começaria a maratona da seguinte forma:
1º - "P.S. I love you", porque é uma historia de amor (ou parece ser);
2º - "Sweenwey todd", tem o johhny deep e depois cativaram-me os cenarios apresentados e o genero de filme;
3º - "no country for old men", afinal so nomeações pros oscar, arrecadando alguns deles
de seguida poderia ser "haverá à sangue" ou "juno", enquanto se espera a estreia de "once" - mais uma historia de amor...

bem vamos entao ao cinema??

mar disse...

ah! ainda nao vi muito bem os trailer's de nenhum dos filmes (quero ser surpreendida na altura em que os for ver!), pelo que a escolha se baseia nos extratos de imagens que vejo aqui e acolá!

Fernando Pessoa disse...

antes de mais,

VAMOS AO CINEMA?

A mar está muito acometida de calculos de estruturas para dizer tal coisa...é que por aqui não se faz outra coisa que não seja aproveitar o cinema, e os livros, e a fnac, etc.

depois da sua sugestão, fico a pensar.
(até já marchava um p.s. i love hoje mesmo :)

mas, em esperando mais uns dias, na quinta não podemos porque temos planos :) e só aí estreiam os dois maiores dos óscares, hverá sangue e no este país não é para velhos (obrigatórios é claro)

mas o juno já está no papo e não deves perder de maneira nenhuma.

o "once" não sei se virá para os cinemas, mas se vier cá estaremos para o avaliar :)

chega?

então vamos ao cinema?

mar disse...

Sim, vamos ao cinema.
Os cálculos de estruturas fazem inevitavelmente, de bom grado, parte da minha profissional, que aplicando a mesma metodologia, permitem estruturar um programa de ida ao cinema. Assim:
após um dia de trabalho bastante produtivo (ou não), sempre acompanhado por algumas paragens para visitar certos e determinados blog’s (quando há tempo claro) entre outras coisas mais, dirigimo-nos a um ponto de encontro, previamente combinado por todos os aderentes ao programa. Sugiro, um acolhedor restaurante, onde se coma mais ou menos, mas que pelo menos tenha a tão aclamada “planalto”. Aqui, por um tempo determinado (porque o cinema tem hora marcada) estaremos na conversa, falando e falando sobre coisas de elevada importância, como o blog do 5 Pês, e deixaremos sempre algum tempo para falar sobre outras coisas mais insignificantes como acontecimentos actuais (tipo as catástrofes naturais que nos dias de hoje são mais que muitas), a economia de Portugal, o estado da pobreza do mundo e ainda os nossos próprios devaneios (tipo como o que estou a ter agora)! De seguida, marchamos pró cinema, tendo pelo caminho dois pontos de paragens obrigatórios: a bilheteira porque se tem de comprar os bilhetes, é que não é nem grátis nem de borla ir ao cinema e o outro, no local de vendas das pipocas.. mas como nos cinemas do bragapark é tudo no mesmo sitio, acaba por se um único ponto de paragem.. (repara que já foi escolhido o local do cinema e tudo ;))
com pipocas na mão e que não se queixam aqueles que não gostam de ouvir os ruídos do roedores de pipocas durante o filme, acomodarmo-nos na sala indicada e após os anúncios, finalmente poderemos assistir ao filme seleccionado.
Em suma, os cálculos de estruturas não são precisos para nada para programar uma ida ao cinema, mas são precisos para criar salas de cinema com bom isolamento acústico e comodidade (heheh)).. é preciso então vontade e disponibilidade..!
Vamos?!?

ah! ficou sá por planear o final da ida ao cinema.. resolve-se na altura, como algumas das soluções à “boa engenharia” !

Fernando Pessoa disse...

eu vou a todo o lado...

onde é o ponto de encontro? em que dia? hoje? a que horas? é marcar que eu apareço :)

Fernando Pessoa disse...

:) quanto ao cálculo de estruturas eu depois comento com mais tempo...e com outra teoria...

O Poeta Morto disse...

estou por tudo mas sem o planalto...