quarta-feira, 23 de abril de 2008

Porque será?

Este post vem no seguimento do post escrito pelo nosso caro FP, em que se lamentava dos seus fracos resultados quando disputa um jogo “de bola”.
Porque será? Não será pelas suas capacidades de ataque (que são bem fracotes), nem pela sua falta de treino.
O grande problema é que elas fazem jogo sujo, parece o futebol clube do porto (não percebo nada de futebol mas gosto da polémica entre clubes). Elas já têm o jogo ganho antes do apito inicial, não temos qualquer hipótese.
Enquanto jogamos apenas numa posição, sempre ao ataque, elas correm pelo campo todo (é pena não correrem nuas, que bela imagem me veio à cabeça agora), jogam ao ataque, à defesa e ainda arbitram o jogo. Decidem que estamos fora do jogo quando preparamos o nosso melhor contra-ataque.
Como será possível ganhar um jogo destes? É só jogo sujo.
Ainda por cima recorrem com frequência à prática de doping, usam substâncias perfumadas que nos enfraquecem as pernas. Como podemos correr assim? Não podemos.
Temos de nos limitar à nossa insignificante existência neste campeonato dominado por elas, e esperar que nos chamem para dar uns toques de bola de vez em quando.

Puta que pariu …

32 comentários:

Anónimo disse...

o problema do nosso F.P. é que ganhou um campeonato na primeira Liga e agora recusa-se a descer de divisão...

Fernando Pessoa disse...

o problema do F.P., é que ganhou muitos campeonatos da primeira liga, taças dos campeões europeus, e até o campeonato do mundo.

e isso faz inveja a muita gente. mas eu, do alto da minha humildade, sei que ainda tenho muito joguinho a disputar. eu normalmente só jogo num campo (nunca joguei em dois ao mesmo tempo) e por isso não ando assino contratos só para ter onde jogar, como muitos fazem. eu prefiro o desemprego a jogar em equipas fracas.

mas como sob o anonimato é mais fácil ter inveja, eu admito que é difícil aceitar a argumentação. paciência, aparece mais vezes aos "nossos" treinos a ver se aprendes alguns toques de classe.

Zé Baptista disse...

O gajo não é mau jogador. Está é em baixo de forma!

Já o vi marcar um grande golo na Taça dos Libertadores da América. Foi contra o Juventude de Caracas da Venezuela.

À mesma hora, outro camurcina mostrava também os seus dotes de atleta, conseguindo bater o record mundial do "Apanha a Cabra". Foi uma das cabras mais rápidas que o mundo já viu... e ele apanhou-a, mesmo saindo com um atraso de muitos minutos.

Não foi?

Fernando Pessoa disse...

até me esquecia do mais importante,

caro andy,

é verdade. o problema é que elas são as donas do apito. não há forma de adivinhar qual a melhor abordagem a uma mulher. primeiro porque elas pensam sempre que o homem quer sempre o mesmo. segundo por culpa dos azeiteiros que ajudaram á festa, tratando de lhes dar mais razões para evitarem conversas.

e digo isto porque o grande problema é não se desinibirem e conversarem. se isso acontecesse com mais frequência, seria a forma mais simples de perceberem afinidades. e a partir daí, darem ou não, o salto em frente.

relembro pois a forma como conheceste a tua namorada. se ela não achasse piada aquilo que fizeste e ficasse a conversar, estarias hoje com ela?

Fernando Pessoa disse...

ó meu amigo...e naquela noite no torneio internacional da galiza, em que marquei dois grandes golos, em dois jogos?

não preciso do meu curriculum pra nada. mas tenho os contactos permanentes do meu empresário que me diz que não faltam ofertas no mercado.

Zé Baptista disse...

Não assisti a esse torneio mas já li as crónicas. Salvo erro, nesse torneio, um dos camurcinas sofreu uma grande lesão ainda antes de entrar em campo.

O Poeta Morto disse...

foi no aquecimento. mas dedicaram-me um golo depois...

andy disse...

caro FP

sem entrar em muita lamechice:
é bem verdade o que dizes, temos de ir a jogo, com fairplay claro, quem sabe após vários duras partidas ganhamos o campeonato na nossa vida.

Fernando Pessoa disse...

poeta,

quem foi? já não me lembro :)

andy,

nunca o medo de perdermos o jogo da vida (vulgo ficarmos solteiros) nos deve impedir de procurarmos o que mais nos completa. nunca poderemos enganar quem possa gostar de nós, nem enganarmo-nos a nós próprios. esta máxima serve para a vida.

mas eu não preciso de dissertar sobre coisas que, para quem me conhece, sabe como eu actuo. na minha vida estou sempre de forma elevada e correcta.

abraço (sem lamechices está boa :)

PontoGi disse...

Que conversa de barbeiro!!! blá, blá blá wiskas saquetas e, tb, não saem do mesmo. O problema não é o facto de as mulheres fazerem jogo sujou, ou não, o problema é vcs acharem que todos os campos são iguais ou acharem que têm sempre de jogar no relvado pk é mais "apelativo". Meus caros, é preciso encarar os jogos com garra e mto fairplay,mas tb saber que se jogarmos num pelado a forma de o fazer tb terá de ser outra e nem spr é tão difícil como parece. É preciso arriscar logo e não pensar que se cair vou magoar-me e muito.


Já agora FP gostei de saber que a estás sempre de "forma elevada e correcta"...tb ajuda, é claro :-)))))

butterfly disse...

eu dispenso saber como é q o FP está sp... :)

qto ao resto: os azeiteiros e os "gajos com a mania" são efectivamente os culpados!! não há pachorra para gajos que entram no jogo considerando-o ganho à partida!

concordo com a Gi, farplay e vontade de jogar são essenciais! até pq nós mulheres sabemos apreciar uma boa partida ;)

Fernando Pessoa disse...

ponto gi,

duas coisas muito importantes,

"É preciso arriscar logo e não pensar que se cair vou magoar-me e muito."

depois os anónimos ficam chateados porque ficam á espera que o destino lhes caia nas mãos. foi isso que eu fiz ao olhar 3 vezes o guarda-redes nos olhos. sem medo. e eu não sei se falhei assim tanto (era um post para ter moral) o tempo o dirá. são as sementes que se semeiam que dão frutos amanhã.

outra,

"gostei de saber que a estás sempre de "forma elevada e correcta"...tb ajuda, é claro :-)))))"

se as mulheres abrirem uma ala, a primeira coisa que reparam é nisso, no respeito e na elevação de trato. e depois de aberto o flanco nós sabemos que é difícil parar os ataques :)

El Salib disse...

Eu gostei do pormenor de jogar num pelado. O pelado apraz-me!

PontoGi disse...

El,
ainda bem:-)

FP,

é verdade, o tempo o dirá. eu não estou aqui a julgar niguém , apenas atirei a posta, a minh forma de ver as coisas, Eu acho que é assim que , alguns, têm de pensar.
Outra coisa, de vez em quando não faz mal nenhum jogar "sujo". não gostamos só de princípes encantados, às vezes, o lobo mau tb faz milagres ;-)

Amora disse...

Ei lá! Que converseta interessante aqui vai! :) e digo interessante porque é sempre bom saber o que vai dentro da cabeça destes atacantes! Sim pk hj em dia é mt dificil perceber logo à partida...ou melhor, antes e até msm depois do apito inicial! :s

Quer-me parecer que é opinião geral que uma mulher no comando faz milagres! Sim sr.! Estimo em saber! :)

É! Ter o comando da situação é mt bom (já dizia o outro k "o comando é meo" :p)...mas ser comandado de vez em quando - tudo k é demais é erro! - tb tem a sua piada! ;)

Claro k, tal como no futebol, na vida também existem os maus e os bons jogadores! Há k saber jogar, né! E para se jogar bem...cada treinador tem a sua táctica, portanto há que fazer por conhece-la o melhor possível!

E pronto, apesar d ñ perceber mt d futeboladas (literalmente falando), julgo que é mais ou menos isto...

RuiMaga disse...

A "pontogi" fala bem e certinho... Até com as vírgulas concordo. As donzelas adoram receber rosas e malmequeres, mas por vezes também caem por um cacto... e caem bem.

Cheguei a uma conclusao, e pode parecer forte, mas as mulheres adoram sentirem-se amadas e rejeitadas ao mesmo tempo. A monotonia sentimental fa-las dispersarem em loucuras paranoicas, por isso se tornam tao chatas e manipuladoras por vezes.

Determinaçao, rapidez, e surpresa. Adoram ser surpreendidas...

Mas eu de gajas entendo pouco, só sei que de d.juan´s lamechas fartam-se em algumas semanas, ou pelo menos as que me atraem são assim.

Já me alonguei demasiado, como normalmente acontece, é sempre dificil de parar. Abraço F.Pessoa!!! Blog nice este.

mar disse...

ja que se fala de mulheres e não de futebol..pergunto a FP se posso repetir um comentário deixado sobre mulheres, há ja algum tempo num outro post, para talvez rematar a conclusão de do bloguista rui maga? ou então indicar qual o post pra ele ir la ver, caso tenha curisosidade..

Fernando Pessoa disse...

minah cara amiga mar,

estás à vontade de pôr aqui outra vez. mais vale ver repetidas as coisas boas, que as originalidades parvas dos anónimos :)

força!

mar disse...

Fp deu autorização(obrigado),por isso vou reproduzir um comentário já feito, para completar o comentário de ruimaga como referi..

cá vai, novamente:

"As mulheres não querem ser definidas, querem ser compreendidas. As mulheres querem mimos e piadas que as faça rir. As mulheres não querem que os homens perguntem permanentemente o que é que querem. As mulheres escolhem inúmeras vezes a roupa não porque são instáveis ou porque têm dificuldades de decisão, mas para verem sequencialmente o seu corpo - as roupas são o espelho.
Elas desejam que os homens adivinhem os seus desejos, que lhes digam palavras rudes com ternura, que lhes digam palavras ternurentas com violência, que a paixão exista! As mulheres querem que os homens fechem a porta à noite para elas a abrirem de manhã.
Elas querem falar com as amigas (ou amigos) o que o seu homem não sabe ouvir. Querem que o seu homem entenda que ele nem sempre é seu assunto preferido. Querem dançar para os outros homens para chamar o seu para perto de si. As mulheres querem ser desculpadas dos seus erros, querem que acreditem nelas quando mentem, que duvidem delas quando dizem a verdade. As mulheres querem ser perfeitas dentro das suas imperfeições.
Querem ser olhadas nos olhos, na menina dos olhos. Querem viver o que não entendem. Querem dizer o que sofrem para não sofrer do mesmo. Querem ter sonhos eróticos para substituir as lembranças passadas. Querem (queriam!) criar uma outra mulher dentro de si, uma outra mulher que as contradiga. As mulheres, ao andar, querem sentir olhos nas costas, não assobios ou piropos. As mulheres querem descansar num colo.
Querem que um homem as ajude a enterrar o passado e, ao mesmo tempo, a desenterrar o futuro. Querem ser surpreendidas com um beijo no pescoço. Querem descobrir, nem tarde nem cedo demais, o que a vida quer delas. Querem que os homens fechem as antigas relações e a pasta de dentes. As mulheres querem que os homens falem delas e não por elas.”

;)

LDS disse...

Após ler estes posts todos, e todas estas imagens de campos e relvados (ou pelados, que por sinal também me aprazem...salib) e campeonatos venezuelanos no estádio Barral me passarem pela cabeça soube bem ler o que a mar escreveu. Esteve bem !!!

:D

Fernando Pessoa disse...

a minha admiração está em perceber que há muita gente a precisar de desabafar. são mais de 50 comentários o fp isto, e o fp aquilo, tudo com problemas em dizer eu também gostava de perceber as mulheres, e os homens também claro...

ainda bem que serve de alguma coisa a analogia...


lds,

eu já tinha comentado o magnífico texto. não o vou fazer outra vez. é mesmo uma maravilha.

ponto gi,

eu apenas disse que tinhas razão. o julgamento é no campo do jogo. cada mulher é um caso específico de tartamento. o problema é adivinhar a melhor aboradagem.

quanto ao resto, bola a rolar é que interessa...

caminhoparavida disse...

:-)..

De facto é interessante assitir à discussão acesa que por estes lados voa!

Tentar perceber as mulheres ;-).. Será possível?!?

Seria o mesmo que estabelecer a seguinte analogia:

Na culinária, "eles" pensam ter o prato facilmente preparado: deitam sal a gosto, adicionam um sorriso rápido a um olhar intenso. Mexem tudo muito bem e está a entrada preparada.

De seguida segue o refogado: cebola forte, azeite em excesso, muito gorduroso!!! O prato principal deixa muito a desejar...

Tentando remediar seguem para a sobremesa: adicionam o "achar" ao "poder", "o sabe tudo" e batem as memórias em castelo!! No final, uma mistura de sonhos e constrangimentos e um sabor a quase nada...

Há também cozinheiros com grande mestria, em que as entradas se relacionam com o prato principal e a sobremesa. Não se esquecem que é essencial adicionar a ternura ao olhar, o sorriso à preocupação, o "estar presente" sempre que necessário e a paixão a gosto! Não exageram nos condimentos, e, não se esquecem das ervas aromáticas! A sobremesa é preparada imediatamente antes de servir, com uma cobertura deliciosa e um conteúdo sério e consistente!

Em suma, dizem os grandes chefes de cozinha que a planificação de qualquer ementa deve ser encarada com seriedade, interesse, amor, persistência e dedicação de modo a não causar dissabores quando for servida!

Será possível?!

Fernando Pessoa disse...

eu acho possível perceber as mulheres. o mínimo necessário. depois cada pessoa deve ser livre de ser como quer, sem ferir a outra. não precisamos de nos conhecer a fundo, até porque nem nós próprios nos conhecemos verdadeiramente. tudo é questionável na nossa vida.

mas a culinária é outra área que eu aprecio. também pela boca se podem conquistar os amores, certo?

RuiMaga disse...

Deixei um "comentário" e não uma "acusação"!
Peço perdão. Não pensei que a minha ignorância fosse tão mordaz e difamatória da "verdade suprema".

Mesmo achando que este blog está muito bem cunstruído, não leio todos os posts.

Um abraço ao Ferando Pessoa! e Um beijinho à Mar! "All we need is Love"

RuiMaga disse...

outra coisa, essa da "originalidade parva dos anónimos" era pra mim??? ,)

Fernando Pessoa disse...

caro amigo maga,

o primeiro comentário foi um delírio de um anónimo, que eu ainda me dei ao trabalho de responder. é claro que não era pra ti. a tua opinião é sempre de artista.

a tua opinião é váçida. todos sabemos que existem mulheres para todos os gostos e com variadíssimas manias, tal como os homens.

um grande abraço amigo.

(já agora quando é que eu posso ir desvirginar-me de madrid? ;)

mar disse...

lds,
obrigado ;)

Rui maga,
o teu comentário nao foi uma acusação.. pelo facto de achares que as mulheres gostam de ser amadas e tb rejeitadas, e ainda que adoram ser surpreendidas, coloquei o meu comentário, que diz tb isso..!

bem, um dia cheio de sorrisos pra todos :)

PontoGi disse...

Ruimaga,
Obrigada;-)
Sublinho, desde já, o que aqui escreveste:
"de d.juan´s lamechas fartam-se em algumas semanas, ou pelo menos as que me atraem são assim." e confesso que não chego às semanas :-)

Anónimo disse...

Espero que não me insultes, por guardar o anonimato. Aliás, como já te disse não é um nome que modifica o sentido das minhas palavras.
Lembrei-me que talvez se estejam a esquecer do período de aquecimento. São imprescindíveis, a troca de olhares, os sorrisos, o ouvir, o mostrar interesse, o dar atenção... Mas concentrem-se, não é qualquer Mas deixem lá, vocês compreendem-nos tão pouco como nós vos compreendemos a vocês.

Fernando Pessoa disse...

para isso é necessário que haja uma abertura por parte das mulheres para o convivio descomprometido e sem intenção.

de resto é verdade que a compreensão mútua é difícil, mas há também aí algum interesse.

à vontade com os comentários anónimos. não me chateiam nada.

Anónimo disse...

É isso mesmo. É na dificuldade em nos compreendermos, que reside a piada.

Fernando Pessoa disse...

há nisso alguma piada até certo ponto. ter a vida em suspenso permanentemente não é saudável para ninguém.

para tudo há um equilibrio. o meio-termo.