segunda-feira, 26 de maio de 2008

o maior segredo do mundo

[990]

havia um homem gordo e afanado que passeava nas ruas da cidade, tantas vezes cabisbaixo, como os olhos nos pés. carregava consigo o maior segredo do mundo e a sua luta era essa, carregá-lo.
.
eu próprio perante o jardim mais triste do mundo, que ninguém parava para olhar nem apreciar, me penitenciava perante tamanha força de vontade.
.
ontem quando passei no jardim, recuperado de verdes e coloridos cheirosos, sorri ao perceber que alguém como eu o apreciava.
.
e o homem magro que por ali passava, era o mesmo sem o peso ridículo de um segredo maior que a própria vida.
.
sempre desconfiei que nem o maior segredo do mundo resistia a ser partilhado. e com razão sorri ao ver a leveza do espírito.

5 comentários:

tonsdeazul disse...

Realmente que interessa carregar "o maior segredo do mundo" se não o podermos partilhar!?

Fernando Pessoa disse...

se é segredo, convém guardar. esse peso é que se pode tornar insuportável...

Mestre Chou Riçá disse...

Não te preocupes. Continuamos a ser todos amigos independentemente da tua orientação sexual...:)

Fernando Pessoa disse...

obrigado amigo...

:)

S. disse...

pesam sempre os segredos, grandes ou pequenos engordam quem os guarda...bela metáfora :)