sexta-feira, 22 de agosto de 2008

a praga que não vimos

[1186]

há 40 anos atrás os tanques da URSS entravam em praga sem aviso prévio, sem razão, com a intenção de cercear a liberdade concedida pelo "socialismo de rosto humano" reinante na checoslováquia. dizia a imprensa estrangeira na altura que praga,
.
"Os exíguos sete mil quartos de hotel disponíveis estavam permanentemente ocupados. Era difícil encontrar uma mesa livre nos restaurantes e quase impossível vislumbrar um táxi que não estivesse ocupado. O New York Times escrevia no princípio de Agosto: «Para aqueles que têm menos de trinta anos, Praga parece ser o sítio onde vale a pena estar neste verão»."
.
.
o que aconteceu a seguir merece ainda hoje reflexão, principalmente pelos recentes movimentos belicistas, bem como o anunciado e crescente interesse num ressurgir do equilibrio geo-estratégioco no mundo.
.
«Le 20 août 1968, alors que l'intervention soviétique est en cours, Hubert, un étudiant ouest-allemand, arrive en gare de Prague où l'attend Lioubov, sa petite amie ukrainienne. Sur la place Venceslas, devant l'immeuble de la radio-télévision, le couple s'abrite derrière une barricade, mais une balle atteint le jeune homme, le laissant invalide pour le reste de sa vie… Quarante ans plus tard, Lioubov et Hubert se retrouvent à Prague. Dans ce film, le destin douloureux du jeune couple sert de toile de fond pour évoquer la fin de cette période exceptionnelle qui avait fait souffler un vent de liberté sur la Tchécoslovaquie»
.
«Prague 1968: La fin d'un rêve»
Peter Heller (realizador), Alemanha, 2008
via [as brumas da memória]
.
ontem mesmo quando lia uma passagem de um dos livros da cabeceira dei com esta tirada,
.
o que é o comunismo senão um feudalismo com um só senhor?
.
a arte de ser português, teixeira de pascoaes

2 comentários:

Teté disse...

Porque será que não viste essa Praga? Será porque há 40 anos ainda não eras nascido??? :)))

Ainda em resposta ao post anterior, tu achas que o senhor Pinto da Costa ia ficar caladinho quando uma atleta que treinou lá no clube ganhasse??? Posso ser cota, mas não tenho má memória...

Ah e segui a tua viagem, não me pareceu foi que houvesse algo a comentar.

Bom fim de semana!

Fernando Pessoa disse...

olá,

eu sei quem costuma visitar o blog...são muitos e são todos que eu também visito muito religiosamente...

quanto aos posts sobre as férias, nem sei se foram muito bem escolhidos...

em relação a sua excelência o pinto da costa também não é nenhum santo, e por isso eu só não gostei das primeiras reacções da rádio pública, porque eu admito que o benfica tem responsabilidades e tem mérito ao apoiar os dois medalhados, eu não sou cego nem uso palas clubísticas...

o importante é realçar a vitórias merecidas e as medalhas...

já agora a praga que vimos foi uma de liberdade, de turismo, moderna, com ecelentes locais de vista e muita animação seja de dia, seja de noite e não aquela derrotada pela cegueira comunista... e também não era nascido :)

obrigado e bom fim-de-semana para ti também :)