segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Propaganda?

6 comentários:

Anónimo disse...

Já pensas-te que ao publicar este post estás a fazer o mesmo... mas de uma forma menos correcta, pq acabas por estar atacar “o parceiro” em vez de usares feitos ou ideias próprias!! Sabes que a isto chama-se campanha á politica... mas da fraca!

Anónimo disse...

porque se for feita a leitura da noticia e nao so do titulo percebemso que:

“Antes da entrega real dos equipamentos, a escola vai ter de «preencher toda a papelada e os pais que não estiverem abrangidos pelo 1.º escalão da acção social escolar vão ter de fazer o pagamento do computador». Um processo que a escola admite desconhecer quanto tempo poderá demorar.”

como é obvio...não?!

O Poeta Morto disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
RSM disse...

:) :) :) :) :) :)

já recebeste o teu???? os alinhados não tinham também direito?

Ia lá entregá-los quando todo o processo estivesse terminado. Mas a necessidade de propraganda obriga a estas tristes figuras...

Anónimo disse...

Tristes figuras são as daqueles que nada fazem e que tudo criticam... apenas falar não chega! aquilo que precisamos é de obra, de políticos á altura das necessidades do país!! que a oposição á maioria parlamentar seja feita de forma clara e baseada no mérito próprio sem precisar de recorrer á critica daqueles que alguma coisa vão fazendo.

Na minha modesta opinião acho que o problema começa pelos políticos de hoje, que devem ter perdido a noção do que é a política, pq infelizmente aquilo que sabem apenas é criticar aquilo que se faz sem que consigam apresentar soluções á altura, soluções que sejam competitivas e que realmente tragam algo de novo para todos nós, mas no sentido da melhoria!!

Indústria disse...

Sou um crítico assumido deste governo até porque me tocam na pele algumas das suas medidas parvas.

Em relação ao Magalhães, não sou assim tão crítico. Na realidade, se há coisa em que este governo tem apostado bem é na renovação tecnológica do país, não só ao nível do Magalhães.

De qualquer forma, é pena que por vezes se recorra à propaganda na forma de mentira para anunciar coisas boas, que não precisavam da mentira para serem boas.

Tenta-se passar a ideia de que o Magalhães é para todos, quando na realidade, exceptuando os alunos abrangidos por determinados escalões, o Magalhães é pago e as operadores de internet móvel agradecem o grande negócio em que se meteram.

Ainda assim, e apesar dos negócios por detrás da questão, o Magalhães é uma coisa boa e o seu preço reduzido, quando comparado a outros computadores, é uma benesse para muitas famílias. Mas, era escusado andar por aí a dizer que é praticamente dado.

Propaganda é também levar a comunicação social ao tipo de escolas modelo onde o Sr. Primeiro Ministro vai entregar os Magalhães. Eu queria ver a comunicação social a acompanhar o Sr. Primeiro Ministro às escolas reais, ou seja, quase todas, isto é, aquelas que ficam mal na fotografia. Claro que nessas ele não costuma entrar, vá-se lá saber porquê! Deve ser das cameras ou dos fotógrafos... quiçá dos chineses!