segunda-feira, 10 de novembro de 2008

(re)definições

[1328]

osmose.
(delírio de uma noite em que me acometi de pecado terno. é a técnica que se revela a cada momento de distorção da realidade. um diluir constante da realidade nos teus olhos. é a certeza da imaginação que se ergue no perfume do cabelo negro. é a dimuição do meu poder de controle sobre todas as coisas invisíveis. que façanha esta de ter de te definir num primeiro olhar, como se as palavras se apoderassem do espaço e te contornassem pela cintura. como se as palavras te retirassem do medo, do escuro e pela cintura te aproximassem do meu desejo.)
.
(osmose)
processo através do qual um homem se dilui de perdição no sorriso de uma mulher até atingirem o ponto de equilibrío, onde as massas se fundem num mesmo estado de concentração.
é, no fundo, paixão.

6 comentários:

Teté disse...

Osmose é paixão?!

Pronto, OK, já percebi que físico-química não deve ter sido o teu forte... :)))

S. G. ex - Fernando Pessoa disse...

definição do dicionário,

" osmose
s. f.,
processo no qual um solvente atravessa uma membrana selectivamente permeável de uma solução diluída para uma solução mais concentrada e que só termina quando se atinge o equilíbrio, ou seja, quando as duas soluções atingem a mesma concentração."

se duas massas procuram o equilibrio, ou se duas pessoas se unem procurando essa estabilidade, se isso não é paixão, não sei o que é...

bj

Anónimo disse...

De acordo com o dicionário Guineense do Portugês Africano:

Osmose é o plural de rato (ling. informática)

Ex: "Osmose do computador são bonito"

S. G. ex - Fernando Pessoa disse...

demorei a perceber...raios.

podias ter ajudado.tipo "osmouse".

baleu :)

S. disse...

E se tudo o que se vive nessas noutes de perdição é paixão, caberá lá certamente o conceito aqui tão bem definido :)

S. G. ex - Fernando Pessoa disse...

só tu é que me compreendes. :-)

(embora eu tenha uma tendência natural para exacerbar sentimentos :-)