sábado, 13 de dezembro de 2008

no natal o meu presente eu quero que seja

[1397]

matutei no presente que teria(mos) de dar a uma chefia por manifesta simpatia extra num processo rentável. sabendo que ele gostava de whisky, procurei relembrar as poucas vezes que eu bebi esse néctar. assim cheguei a um veredicto, o melhor que eu bebi foi,
.
et voilá,
.

dimple 15 anos
.
(para mim só se fosse com mais de 20)

10 comentários:

El Salib disse...

Excelente escolha. Só é pena custar 31.16€.

O Poeta Morto disse...

isso dá prai 30 finos no b.a.!

Indústria disse...

Eu vou oferecer um exaustor portátil ao Companhia dos Camurcinas, para ver se ele deixa o pessoal em paz nos jantares.

Há gajos Chatos!

S. G. ex - Fernando Pessoa disse...

o que se ganhou chega pra isso e mais algum

:-)

e o camurcina está do piorio ...

Companhia das Camurcinas disse...

áhhhh... acham que sim!! entao esperem que esteja de férias, e vamos conversar... mas sem fumo!!

S. G. ex - Fernando Pessoa disse...

:-)

Indústria disse...

Para quando é que são essas férias. Estou por Braga de 23 a 4.

S. G. ex - Fernando Pessoa disse...

parece que já aranjaste companhia...

El Salib disse...

24 a 6

Companhia das Camurcinas disse...

tá tudo ****do... mais o grande jogador!! vai ser animado.

:)