sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

solitate

[1504]

do latim solitate, que traduzido à letra significa solidão, criamos a palavra saudade. e assim hoje, 30 de janeiro, o mundo comemora algo só nosso. embora me seja difícil perceber a diferença entre solidão e saudade.
.
e a propósito disso, há uma música que alimenta os espaços sóbrios da minha ausência. tantas vezes penso que pensar no que está pensado não é um desperdício de pensamento.
.
Não queiras saber de mim
Esta noite não estou cá
Quando a tristeza bate
Pior do que eu não há
[...]
Não queiras saber de mim
Porque eu estou que não me entendo
[...]
Amanhã eu sei já passa
Mas agora estou assim
[...]
Não queiras saber de mim
Hoje não me recomendo
..
rui veloso/carlos tê

3 comentários:

Lizard King disse...

Saudade é uma expressão portuguesa sem equivalente noutra lingua, é um sentimento de lembrança positiva de algo, alguém, de uma situação ou sitio. Não é afecta à longitude e forma mais dolorosa de sentir saudades é em presença.
A saudade pode estar ou não associada quer à solidão ou à solitude. A solidão é defenida por isolamento social e emocional, enquanto solitude é inerente a um estado emocional, que pode ser mais ou menos continuado, é o que o senso-comum define como estar sozinho no meio da multidão.
Nunca é um desperdicio de tempo pensar no que está pensado...porque a nossa opinião incute vivências intrinsecas e unicas do novo pensador :)

beijinhos e bom fim de semana :)

PKB disse...

Carlos Tê, sim. Rui Veloso... é que já não. Ai, ai,.... eu vou apanhar por isto, eu sei!

S. G. ex - Fernando Pessoa disse...

lizard, no livro que refiro no post acima, há uma pérola lindíssima, que está muito próximo do que dizes sobre a pior forma de saudade, que é em presença,

" E nada pode incomodar tanto um vivo como perceber que morreu no coração daqueles que lhe são próximos..." (pp. 58)

pkb,

não levas que eu não deixo :) eu por acaso gosto de algums dele, principalmente do acústico...

beijinhos e bom fim-de-semana a ambas.