quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

vicky cristina barcelona

[1492]

as ruas da paixão nos acordes de uma guitarra,
ou o amor que se redefine num perfume.
.

10 comentários:

Indústria disse...

Mas gostaste ou não? Tou curioso para ver esse filme.

S. G. ex - Fernando Pessoa disse...

foi o primeiro que vi do woody allen. não foi mau, mas estava com mais expectativa. agora vou ver se vejo mais alguns dele.

Teté disse...

Não sou fã de Woody Allen, mas ia-me dando um fanico antes de entrar aqui: "vão-me contar o fim do filme?"

Vá, que nem foi mau... :)))

S. G. ex - Fernando Pessoa disse...

então vou-te contar mesmo,

o fim do filme é um início de uma vida nova :)

Indústria disse...

Eu é que vou contar o fim do filme mesmo sem o ter visto. É uma cena assim com muitas letras e palavras a passar. É só nomes, nomes e mais nomes.

Indústria disse...

Já vi alguns filmes dele. De uns gostei muito. Outros não achei nada de especial, isto se tivermos em conta o nome Woody Allen. Estamos sempre à espera de coisa boa.

Não quero cair em lugares comuns, porque quase toda a gente diz isto, mas na minha opinião "Annie Hall" é uma obra incontornável na sua carreira. É mesmo bom. Além disso dá para ver o nosso amigo Paul Simon fora da sua área habitual, a das cantigas. Não se saiu mal, mas também não foi brilhante!

E pronto, lá caí eu num lugar comum e falei no Annie Hall. Mas foi sentido!!! Gostei mesmo do filme.

O Poeta Morto disse...

para mim nao está ao nivel do match point... mas vale a pena ver.

ana salomé disse...

é muito melhor do que à primeira vista possa parecer. :) e o poema faz justiça*

Lizard King disse...

Não vi o filme logo não posso opinar...mas deixo-te um olá :)

olá...eheheh

beijinhos

Mestre Chou Riçá disse...

É um filme com a minha aprovação
:)