quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

ictiólogo

[1493]

se alguma vez inventarem o perfume do amor
ele terá cheiro a maresia.
.

11 comentários:

Me disse...

maresia ao amanhecer... ao amanhecer...

S. G. ex - Fernando Pessoa disse...

a qualquer hora...servia...

Anónimo disse...

De acordo com os mini-drunfes o cheiro do amor é outro.

Anónimo disse...

Porque é que no post acima deste falam em circuncisão?

Os mini-drunfes... que saudades.

Pirómano (que não o LDS) disse...

Ó chefe, "CIRCUNSCRIÇÃO!".

Anónimo disse...

Peço desculpa! Me bad.

Ravelli disse...

O amor é inodoro, mas para quem consegue sentir este cheiro inodoro, sabe que ele mexe com cabeça e corpo e provoca dependencia...

cump,

Ravelli disse...

Se o perfume do amor cheirasse a carlsberg não faltavam apaixonados...

cunp.

Lizard King disse...

O perfume do amor existe apenas está camuflado por outros cheiros que se sobrepõem e não duvido que cheire a maresia...mas como em qualquer praia quando os barcos descarregam o pescado, o cheiro da maresia não desaparece apenas fica ocultado por outro que exige menos sensibilidade.

K disse...

O amor cheira a felcidade e a bem estar. A harmonia e paz interior. A plenitude e intensidade. Por isso poderá ter o cheiro da natureza que mais nos aprouver. ;]

S. G. ex - Fernando Pessoa disse...

o amor é no fundo a festa do 5 sentidos, se não for assim parece que nunca roça a perfeição...