sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

de profundis valsa lenta

[1556]

se há coisa que me enerva solenemente é as pessoas escarnecerem sobre assuntos que não deveriam. dizer a alguém que está a ler um livro de merda - balizado pelo seu próprio estado evolutivo na literatura (porque no fundo é disso que se trata quando procuramos mais e melhor na escolha dos livros) - é de uma crueldade sem limites. rir de alguém que lê paulo coelho, só porque os níveis da hermenêutica da escrita do autor não são os mais exigentes, parece-me um acto de frustração de quem já não encontra satisfação no que vai lendo.
.
sou obrigado a dizer que no meu caminho de leitura li muito do paulo coelho há uns anos atrás. e gostava muito. serviu como base e trampolim para evoluir de uma forma sustentada nos meus gostos pessoais. a aprendizagem e assimilação de conceitos e critérios de qualidade deve ser gradual, e deve principalmente partir da necessidade do leitor. a necessidade de prazer como leitor.
.
isso pode mostrar o crivo labiríntico da nossa personalidade. se negamos o nosso passado, se não sabemos lidar com os nossos erros (e não digo que ler paulo coelho foi um erro), se não aceitamos que tudo faz parte do crescimento e que a experiência de vida - por muito má que ela seja - é absolutamente essencial na construção do presente e do futuro; se com toda esta panóplia de sucessão de factos, não conseguirmos sentir a alegria de crescermos e prendermos nas mãos essa certeza, então o melhor é não ler estas palavras.
.
isto foi só um desabafo. porque no fundo estava a tentar distraír-me da vontade indomável de querer comprar este livro, que apesar de antigo e de estar a ser reeditado como obra completa, tem sido revisitado e apreciado por muito boa gente. mas estou em contenção de despesas. mesmo o josé cardoso pires terá de me perdoar, mas a sua última valsa (a do título do post) terá de ficar para outras núpcias.
.

5 comentários:

Onun Ras Al Gull disse...

Sérgio, o Paulo Coelho é uma merda!

S. G. disse...

:-)

vê lá mas é se arranjas espaço para eu voltar à madeira, isso não era uma merda :)

abraço

PontoGi disse...

Vale bem a pena!Merda eh termos de lidar com a dita "contencao de despesas" e desperdicarmos oportunidades!
bjnho

Lizard King disse...

Quando Paulo Coelho esteve na "moda" não me suscitou qualquer curiosidade e coloquei na prateleira...um dia peguei e li (Brida), gostei e li mais uns quantos, gostei do "Onze minutos" mas o que mais recordo foi "Na beira do rio Piedra sentei e chorei"...não repeti a leitura de nenhum, nunca li o famoso "Alquimista" e não voltei a ler.

Acredito que até a leitura é baseada num processo contextual de alma e estados de espirito e não são todos os momentos adequados a determinado tipo de leitura, é preciso sentir e "estar lá".

Do mesmo modo que andei meses até pegar no "Memorial do Convento", com bastantes tentativas frustradas pelo meio...o ser de um "premio nobel" não tinha qualquer peso no meu "olhar"...até ao dia em que lhe peguei e nesse dia terminei e "senti-o".

Como a música que se ouve, os sitios que se frequenta, também o que se lê, depende da fase de vida que atravessamos e o sentido que nos faz.

Anónimo disse...

andas ai a procura de uma forma para jogar Poker sem teres de depositar?

ganha na net com real money sem teres de arriscar o teu proprio capital!

no http://www.suomipokeri.pokersemdeposito.com/
tens:

Poker:
Full Tilt Poker 50$ bonus sem deposito
PokerStars 50$ gratis
Titan poker 150$ bonus sem deposito
Celeb Poker 199$ bonus sem deposito
Party Poker 50$ gratis
Cake Poker 50$ online gratuito
Ultimate Bet 50$ sem deposito
No PayPoker 25$ free bankroll
Winner Poker 75$ gratis
Cd Poker 50$ bonus sem deposito
Poker 770 7,70$ sem pagar
Riva poker 10$ sem deposito
Betraiser 5$ sem pagar

casino:
Joyland Casino 25$ online gratuito
Willian Hill casino 30$ gratis
Ruby royal casino 11$ sem pagar
coccoa casino 10$ online gratuito
Superior Casino 20$ online gratuito

apostas desportivas:
Party Bet 25$ sem deposito

abraço