terça-feira, 24 de julho de 2007

Queres falar? (3)

- Lembras-te de quando nos conhecemos?
- Sim, lembro-me bem...Sabes que não esqueço.
- E lembras-te do vestido que eu levava?
- Humm...Talvez. O rosa, folhado?
- Vê-se que te lembras. Sabes eu é que não me esqueço que levavas o cinto castanho.
- Pois era. Mas isso não é importante. O importante é que continuamos juntos.
- Mas eu gosto de me lembrar, faz-me sentir mais nova.
- E tu és velha? La estás tu com as crises.
- Sabes bem que é o que sinto às vezes. Faz-me bem falar.
- Se queres falar disso, fala á vontade...eu não me importo.

- Mas se calhar tens razão...não é muito importante...

2 comentários:

Presidente disse...

Tas a ficar um escritor do caneco... tas... tas..., um dia destes só te apanho no café Nicola...

Fernando Pessoa disse...

enquanto um gajo não andar como o Pessoa a beber café (na brasileira)cachaça, e a fumar como um desalmado, não dá em escritor...mas também não morre cedo...