quinta-feira, 29 de novembro de 2007

correntes literárias

[463]

recebi o convite do dr. etcétera do blog [fontes do ídolo], para aderir a esta corrente de citações literárias. o que se passa pela blogosfera e que há muito circula por muitos blogs, é o seguinte exercício,
.
pegue no livro que tem mais à mão e cite a 5ª frase da página 161,
.
então a página 161 do livro, "cemitério de pianos" de José Luís Peixoto, diz,
.
"(há pequenos sons que) assentam sobre o silêncio. de repente os cães começam a (ladrar no quintal.)" (completei as frases para não ficaram desconexas as palavras)
.
lanço agora o desafio aos meus colegas de blog, zé baptista e onun ras al gull, à ângela da luz acesa, ao gustavo sampaio da escrita casual, e vou mandar o bitaite ao pedro ribeiro (a ver se cola).

6 comentários:

angela disse...

bom dia :)

a verdade é que já respondi
a esta corrente
neste post...
:)

Fernando Pessoa disse...

Eu tinha quase a certeza. que o tinha feito...procurei o post mas já não me lembrava onde ele estaria.

Obrigado na mesma.

Fernando Pessoa disse...

O pedro Ribeiro já passou por aqui...eu sei que já...

:)

À grande PEDRO RIBEIRO!!!
ÉS O MAIOR!

ABRAÇO!

O Poeta Morto disse...

todo o Riberio vai dar ao Rio... daqui a pouco passa aí o Ricardo ou o Rui. Rios que por sua vez vão dar ao mar. aí encontra-se peixe maior, assim em forma de M.M.

Quem sabe se ja nao andaram mesmo por aqui, ou mandaram alguém...

voces sabem do q estou a falar.

O Poeta Morto disse...

"E se rebentasse uma guerra a sério entre o Japão e a União Soviética, Hitler poderia responder invadindo a Polónia e a Checoslováquia."

Pág.161 5ª frase

"Crónica do Pássaro de Corda" de Haruki Murakami

não fui desafiado mas também gostava de contribuir...

Geringonça de Guttemberg disse...

É pá, infelizmente a revista "Gina" não tem assim tantas páginas, por isso, aqui deixo a 5ª linha da pág.6.

"ai que grandes, dizia ele, enquanto eu me deliciava com aquele pau maroto".