segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008

ingénuo de andrade

[739]

em homenagem, no JN deste domingo, saiu também umas palavras de eugénio de andrade. e às vezes dá gosto ler os jornais.
.
" tinham fome como os bichos,
e silêncio
à roda dos seus passos."
.
" impetuoso o teu corpo é como um rio
onde o meu se perde."
.
" o passado é inútil como um trapo
e já te disse: as palavras estão gastas."
.
" nada podeis contra o amor,
contra a folhagem
contra a luz, nada podeis..."
.
só para que possam disfrutar das coisas boas da vida.

3 comentários:

Anónimo disse...

não será de andrade...

Fernando Pessoa disse...

muito bem observado :)

shame on me...

Fernando Pessoa disse...

já está corrigido....

a culpa é das mulheres...