sexta-feira, 8 de fevereiro de 2008

tenho de me convencer disto

[687]

e o que não há, ou não existe, não se pode ter.

5 comentários:

butterfly disse...

obrigada! finalmente alguém me entende!!! :)

(sim, estou com os braços erguidos para o céu enqt digo isto)

Fernando Pessoa disse...

não é uma angustia?

agora não é caso para tanto ;) braços ao alto a ver se isso muda? :)

butterfly disse...

:)

nem uma nem outra! estou perfeitamente convencida e vivo bem com isso...

o "finalmente" é porque até hoje ninguém parecia querer dar-me razão! o que não é bom nem mau.. :)

ladybird disse...

Por favor...as cinzas espalhadas no mar, pode ser de Esposende, mas no mar!!

Fernando Pessoa disse...

cinzas? não percebi, não posso responder-te a essa....