segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

god damn right its a beautiful day [4]

[1425]

eu digo as coisas e as pessoas não acreditam. depois surpreendem-se como se o princípio da mentira imperasse em tudo o que fazemos. é o estranho mundo de S.G.

5 comentários:

Me disse...

Ou isso, ou tu é que não acreditas que elas acreditam... Descrente.

S. G. ex - Fernando Pessoa disse...

mesmo se tentasse explicar não tinha espaço que chegasse. eu quero acreditar, mas sou como s. tomé, ver para crer.

Me disse...

querer acreditar e acreditar são coisas diferentes... E S. Tomé não é exemplo para ninguem. Pouco recomendável um Santo que só acredita vendo... se assim fosse, no que acreditávamos? e aquela coisita toda da fé (que faz acreditar)? não?
é por estas e por outras que, e agora a sério, cada vez mais penso que as pessoas não são tão estranhas ou esquisitas como se pode pensar. talvez esteja a aprender a ver melhor a tua perspectiva... complexidade simples? não foi assim que lhe chamaste? tenho mesmo de concordar contigo. tudo espremido, as coisas são simples. tão básicas que até custa a crer... Não precisas tentar explicar. tantas coisas giras para ocuparem os teus espaços... Tantas.

S. G. ex - Fernando Pessoa disse...

complexidade simples. aí está algo que se pode adicionar aos singificados compostos dos dicionários...no meu já está.

Me disse...

no meu tb.