sexta-feira, 7 de março de 2008

trocar uma mulher em 3 actos

[789]

1º curso intensivo de ioga.
.
2º comprar um kart para aliviar o stress e fugir um sábado inteiro.
(já há um candidato para esta parte. para alinhar comigo)
.
3º comprar uma moto de água e passar todo o verão a correr as praias do norte.
(já há dois candidatos para alinharem nesta parte, embora eu admita que esta é capaz de ser contraproducente)
.
bom fim-de-semana

8 comentários:

Companhia das Camurcinas disse...

Ó meu FP… :)

O Sr. não tem mais nada para falar em vez de tornar "publico" tudo aquilo que ponderamos e que conversamos?!!

Um dia que seja um gajo aí com sessenta anitos, solteiro, podre de rico, mas mesmo muito rico e que tu sejas o meu sobrinho vou-te deserdar!! Ouvis-te?

:)

Fernando Pessoa disse...

meu amigo a eterna luta pela afirmação económica será cada vez mais dificil de se tornar realidade. a não ser que as mulheres mudem de paradigma, esta será apenas mais uma forma de luta. pela igualdade de direitos. viana é outra cidade boa para estacionar a carroça não achas?

Anónimo disse...

Sim, pelo menos as máquinas respondem linearmente ao estímulo e fazem barulho sem serem chatas...

Companhia das Camurcinas disse...

acho uma boa ideia... mas ainda tenho uma ideia melhor!! falaremos em breve e preferencialmente pessoalmente no sitio do costume!!

:)

Anónimo disse...

Fernando Pessoa, ainda não tinha tido tempo e oportunidade para comentar este post e não o vou fazer, vou apenas deixar aqui um texto, que não é meu, mas que é uma ajudinha prós homens...

cá vai:
"As mulheres não querem ser definidas, querem ser compreendidas. As mulheres querem mimos e piadas que as faça rir. As mulheres não querem que os homens perguntem permanentemente o que é que querem. As mulheres escolhem inúmeras vezes a roupa não porque são instáveis ou porque têm dificuldades de decisão, mas para verem sequencialmente o seu corpo - as roupas são o espelho.
Elas desejam que os homens adivinhem os seus desejos, que lhes digam palavras rudes com ternura, que lhes digam palavras ternurentas com violência, que a paixão exista! As mulheres querem que os homens fechem a porta à noite para elas a abrirem de manhã.
Elas querem falar com as amigas (ou amigos) o que o seu homem não sabe ouvir. Querem que o seu homem entenda que ele nem sempre é seu assunto preferido. Querem dançar para os outros homens para chamar o seu para perto de si. As mulheres querem ser desculpadas dos seus erros, querem que acreditem nelas quando mentem, que duvidem delas quando dizem a verdade. As mulheres querem ser perfeitas dentro das suas imperfeições.
Querem ser olhadas nos olhos, na menina dos olhos. Querem viver o que não entendem. Querem dizer o que sofrem para não sofrer do mesmo. Querem ter sonhos eróticos para substituir as lembranças passadas. Querem (queriam!) criar uma outra mulher dentro de si, uma outra mulher que as contradiga. As mulheres, ao andar, querem sentir olhos nas costas, não assobios ou piropos. As mulheres querem descansar num colo.
Querem que um homem as ajude a enterrar o passado e, ao mesmo tempo, a desenterrar o futuro. Querem ser surpreendidas com um beijo no pescoço. Querem descobrir, nem tarde nem cedo demais, o que a vida quer delas. Querem que os homens fechem as antigas relações e a pasta de dentes. As mulheres querem que os homens falem delas e não por elas.”

Bem e é isto.

Fernando Pessoa disse...

sabes,

a minha vontade era terminar com os comentários anónimos, e sabes porquê? porque este teu comentário é muito bom, e desta forma não sei como posso agradecer. gostaria de o fazer de uma forma muito sincera. quem se dá ao trabalho de mostrar isto merecia um agradecimento especial. assim não entendes e eu nada posso contra isso.

nem sei mutio bem por onde começar, acredito nisso tudo. o problema é que a maioria das vezes as mulheres não deixam os homens aproximarem-se de modo a que eles consigam mostrar as usas qualidades, e a avaliação que fazem é muito superficial. eu acreditos que as mulheres preferem ser olhadas na menina dos olhos (reconheço que esse é um truque que sempre usei, que ajuda a perceber muito do que elas querem, para além, de servir para transmitir o que nós queremos :)

eu sei que as mulheres precisam de um espaço próprio, e que gostam dos olhos nas costas, e é por isso que eu apenas faço isso, mais um sorriso junto para rematar o lisonjeio.

eu fechei há muito as relações passadas. enterradas. sempre foi assim, só escolho um caminho.

eu acredito que "As mulheres querem mimos e piadas que as faça rir." e também uso esse estilo, porque também sou assim.

enfim. agradeço as palavras, porque de vez em quando perdemos um pouco a noção do que temos em meta, e a cumprir, e a vida é muito curta para perder tempo.

muito obrigado e passa sempre.

mar disse...

desculpa.. esqueci-me de assinar!
foi entre uns offset e o comentário e entao ficou anónimo :(

e se usas tudo isso, entao estas no bom caminho ;)

Fernando Pessoa disse...

continuo a gradecer de forma especial. assim é melhor :)

mas não faças isso muitas vezes se não ainda me tenho de me haver com alguém :)

obrigado pelos comentários.