sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

a despedida no equinócio

[1395]

perguntaram-me um dia se acreditava na mudança ou reconversão das pessoas. sem resposta convincente, tenho pensado nisso insistentemente. não que me interesse muito por assuntos de índole maniqueísta, mas há sempre uma necessidade pertinente de pôr estas coisas no sítio, bem arrumadas, para o caso de um dia precisares delas.
.
hoje, depois desse trabalho, acredito que não há nada a fazer por uma espécie de coração rebelde. é que a experiência provou-nos que a reciclagem só molda o produto, não lhe conferindo novas qualidades.
.
um coração de papel reciclado volta em papel,
um coração de plástico reciclado volta em polímero,
um coração de pedra reciclado volta em pedra
(com muito boa vontade volta cascalho).
.
a natureza pode ser moldável, nunca transformável. infelizmente para o meus sonhos idílicos.

12 comentários:

Teté disse...

Absolutamente de acordo, as pessoas moldam-se (e limam-se), não se transformam qual sapo em príncipe...

O tempo dos contos de fadas já era! :)))

Bom fim de semana!

S. G. ex - Fernando Pessoa disse...

é isso mesmo :-) sonhos só quando dormimos.

bom fim-de-semana

TheLizardKing disse...

As pessoas para além de se moldarem, também se mudam, inumeras vezes apenas precisam de conhecer o "outro lado da moeda", que existe um mundo mais vasto ao seu redor. Claro que esta mudança apenas é possivel se for desejo do próprio, o que quer dizer: se ele o fizer por si, para se acrescentar como pessoa, o que nos remete para a auto-estima e auto- percepção (o que já é outro assunto)...Muitas vezes os contextos não permitem mudanças ou os comportamentos passam de questões de sobrevivência a intrinsecos...julgo que a mudança é possivel, alias todos nós mudamos e nos transformmos ao longo da vida, porque (inconscientemente) os acontecimentos que nos rodeiam infuenciam-nos, directa ou indirectamente...é o principio da co-responsabilidade...e os sonhos??? os sonhos são todos aqueles objectivos que pretendemos atingir ao longo da vida e felizmente mesmo esses não são estáticos...porque isso significaria que também permaneciamos estáticos.

Me disse...

Concordo. E às vezes as pessoas mudam tanto que as deixamos de conhecer... Todos mudamos. Mesmo.
Uma tampa de plástico pode ser transformada no que quisermos... mantem a matéria prima... sim. Mas... de tampa, pode transformar-se no que se quiser. Mudar de cor... forma... tamanho... nome... tudo.
A mudança existe. E ainda bem.
Concordo.

Me disse...

O Concordo era para Lizard King...

Margarida disse...

E um coração "made in china" tem pouca qualidade... facilmente quebrável...

:)

pollicino disse...

I have visited your very interesting blog.Do You want visit the my blogs for an exchange visit?Grazie.
http://internapoli-city.blogspot.com/

S. G. ex - Fernando Pessoa disse...

olá lizard,

(vê lá tu que eu tinha lido algumas vezes o nome e a minha fértil imaginação traduziu como wizard :-)

eu digo no fim do texto que as pessoas são moldáveis. e aí concordamos, porque de facto - e acima de todas as coisas - a ignorância torna-nos diminuidos de horizontes de conhecimento. apesar de tudo não sinto que se possa mudar profundamente a essência das pessoas.

acredito que postas em situações limite as pessoas possam revelar-se totalmente diferentes, mas a naureza doa humanos é algo que podemos procurar perceber, mas nunca explicar.

e os sonhos são algo de muito bom. eu sonho (sonhos acordados) de imaginação de cenários futuros. eu sei o que é a felicidade pintada nesses sonhos. e são moldáveis, hoje sonho com uma felicidade muito menos exigente. é de uma simplicidade que desconfio que não existe :-)

me,

é como digo, não me arvoro em conhecedor da essencia humana porque arriscaria muito, mas se as pessoas podem revelar-se piores do que imaginavamos. concordo plenamente.

margarida,

como estão os açores? na madeira o jardim não deixou entrar os chineses :-) e nem por isso se ouviu falar de pessoas com corações menos ou mais quebráveis.

pollicino,

welcome. i have visited your blog. we will return certainly. thanks for the visit.

aos novos as boas vindas.

bom fim-de-semana a todos

Me disse...

E às vezes também se podem revelar melhores... temos é de confiar que a mudança é possível... ou então que aquilo que temos perante nós é mesmo verdadeiro... Ai a merda da desconfiança. A merda de não se querer acreditar e confiar. Trapalhação. Mas é assim mesmo. Que as oportunidades perdidas sejam menores que as pegadas de caras
Boa semana

S. G. ex - Fernando Pessoa disse...

eu acredito que há pessoas maravilhosas e verdadeiras, e sinceras, e fabulosas, alguém em quem podes confiar. desconfio que o que acontece neste momento é esse problema que referes, não querer acreditar...

espero estar no caminho certo e na transição necessária para reencontrar o equilibrio interior, necessário para trazer a alegria a mim próprio e depois, por inerência, a quem me acompanhar.

bj e boa semana para ti também.

Lizard King disse...

Olá S.G.
concordo quando dizes que não se pode mudar a essência das pessoas, isso seria despersonaliza-las (as vezes ainda mais...)eheheheeh..mas se olharmos para trás reparamos que nem nós somos os mesmos de há cinco anos, ás vezes nem de há um ano...sofremos melhoramentos ou ficámos azedos (sou fã dos melhoramentos)...o que interessa é que mudámos, voluntaria ou involuntariamente e a aprtir dai olhamos ao redor e percebemos que há pessoas que continuam exactamente iguais, tão iguais que já não nos identificamos com elas. É quase sempre bom mudarmos, evoluir, acrescentarmo-nos como pessoas...Afinal é através dessas mudanças que chegamos um pouquinho mais além...

S. G. ex - Fernando Pessoa disse...

lizard,

acho que tens razão. às vezes nem nos apercebemos das nossas mudanças, e damos por nós a fugir de certos sítios e pessoas porque simplesmente não nos identificamos com elas. os verdadeiros amigos pelo menos continuam ao nosso lado. quem não está é porque não faz falta.

hoje sinto que procuro coisas diferentes e sinto prazer em viver noutros locais com outras exiencias enfim. julgo que será um processo normal. é a idade :-)